Clique aqui e veja as últimas notícias!

SENADO

Simone Tebet passa a ser cogitada para presidir o Senado Federal

Assim como em 2018, nome da senadora de Mato Grosso do Sul volta a ser cogitado para disputar a presidência do Senado
09/12/2020 10:00 - Flávio Veras


O julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) que impediu que os presidentes das duas Casas do Congresso Nacional – Câmara e Senado – se reelejam para seus postos na próxima legislatura abriu caminho para a senadora Simone Tebet (MDB-MS) entrar na disputa pelo cargo.

O MDB tem a maior bancada da Casa e vai querer se cacifar para retomar o posto, atualmente ocupado por Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Acompanhe as últimas notícias

Alcolumbre chegou à presidência do Senado justamente por um racha no MDB em 2019, quando boa parte da bancada resolveu não votar em seu correligionário Renan Calheiros (AL).

Na época, Simone Tebet lançou-se candidata, mas retirou a candidatura em uma sessão conturbada, após um acordo para levar Alcolumbre ao comando da Casa. Daquele episódio, Tebet saiu presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Casa.

Agora, embora não admita, a senadora já se coloca como opção para disputar a presidência, em um processo de reaglutinação da bancada emedebista e do movimento independente da Casa chamado de Muda Senado, que conta com senadores do DEM e do PSDB, além do próprio MDB, do qual Simone faz parte.