Política
LEGISLATIVO

Decisão do STF tira Rose Modesto da mesa diretora da Câmara dos Deputados

Por ter trocado o PSDB pelo União Brasil, Rose terá de deixar a Terceira Secretaria da Câmara dos Deputados

Da Redação

23/05/2022 18:45

A deputada federal Rose Modesto (União-MS) terá de deixar a vaga de Terceira Secretária da Mesa Diretora da Câmara dos Deputados por ter trocado o PSDB pelo União Brasil. A Mesa Diretora publicou hoje ato administrativo convocando os parlamentares para na próxima quarta-fera, dia 25, eleger os ocupantes de três vagas abertas no comando da Casa por mudança de legenda: a da parlamentar sul-mato-grossense; a de vice-presidente, ocupado por Marcelo Ramos (PSD-MA); e a da Segunda Secretaria, ocupado por Marília Arraes (Solidariedade-PE).

A decisão foi tomada após o ministro do STF, Alexandre de Moraes, reconsiderar seu voto no qual ele definiu que o parlamentar eleito para a Mesa Diretora não perderia o cargo em caso de mudança de partido, o que ocorreu com os três. O ministro havia  atendido pedido de Marcelo Ramos, que tem feito oposiçao ao presideete da República Jair Bolsonaro. Moraes, por meio da Justiça Eleitoral, havia determinado que o congressista poderia continuar a ser o vice-presidente da Câmara, embora tivesse sido eleito para o cargo pelo PL, seu antigo partido.  Além de Ramos, Modesto e Arraes também trocaram de partido após eleição para a Mesa Diretora.

Agora, o ministro entendeu que os deputados federais têm autonomia sobre a decisão dos cargos da Mesa Diretora e sobre assuntos internos da Câmara dos Deputados.