Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

POLÍTICA EUA

Trump entra com processo para interromper apuração na Pensilvânia

Campanha de Trump também pediu interferência da Suprema Corte
04/11/2020 20:00 - Agência Brasil


 A campanha do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, informou nesta quarta-feira (4) que estava entrando com processo para suspender temporariamente a contagem de votos na Pensilvânia, e também pediu interferência da Suprema Corte em um caso sobre cédulas enviadas pelo correio no estado, que pode determinar o vencedor da eleição presidencial norte-americana.

A campanha disse que a ação judicial visa impedir que autoridades democratas no estado "escondessem" o processo de contagem de votos dos observadores eleitorais republicanos.

A eleição norte-americana permanecia muito acirrada entre Trump e o democrata Joe Biden após a votação na terça-feira (3).

A campanha de Trump abriu um processo semelhante nesta quarta-feira em Michigan, também com o objetivo de interromper temporariamente a contagem naquele Estado.

A campanha também busca intervir em um caso existente perante a Suprema Corte, de acordo com um processo judicial.

O caso foi apresentado por republicanos que pediram à Suprema Corte dos EUA para revisar uma decisão da Corte da Pensilvânia, que permitiu que as cédulas enviadas pelo correio que chegassem até sexta-feira fossem contadas desde que postadas no dia da eleição. 

 

Felpuda


Ex-petista de quatro costados, que acabou se aboletando em outro partido já há algum tempo, decidiu se submeter mais uma vez às urnas na tentativa de voltar a comandar cidade do interior de Mato Grosso do Sul. O eleitorado não botou fé e decidiu reeleger o atual prefeito.

Agora, há quem diga que o dito-cujo, que é fã de Carnaval, já pode ir preparando sua fantasia: “palhaço das perdidas ilusões”. Ô maldade!