Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

POLÍTICA

TSE reforça medidas de proteção que devem ser tomadas nas eleições de 2020

Medidas de segurança foram desenvolvidas especialmente para as eleições municipais
07/11/2020 14:03 - Thais Libni


Em um momento atípico para todos, as Eleições Municipais de 2020 acontecerão em um contexto desafiador, em decorrência da pandemia da Covid-19. 

Para a segurança de todos os envolvidos, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) enfatiza, através de seus canais de comunicação, a necessidade do cumprimento de medidas de segurança. 

O uso da máscara é indispensável e uma das principais medidas de segurança indicadas no Plano de Segurança Sanitária para as Eleições 2020, elaborado pela consultoria gratuita formada por especialistas da Fiocruz e dos hospitais Sírio-Libanês e Albert Einstein.

Além do uso de máscara facial durante todo o tempo de permanência nas zonas eleitorais, tendo em vista que o eleitor deve se proteger desde o momento que sair de casa para votar. 

Mãos sempre esterilizadas ao entrar na seção. Para apresentação de documento oficial com foto, deve-se esticar os braços em direção ao mesário, que verificará os dados de identificação a distância.

Apenas em caso de dúvida de identidade, o mesário poderá pedir que o eleitor se afaste dois passos para trás e abaixe a máscara rapidamente apenas para o reconhecimento facial.

Outro cuidado indicado para o eleitor é estar com caneta própria para a assinatura do caderno de votação. A permanência nos locais de votação deve acontecer apenas para o tempo suficiente para a identificação e a digitação do voto.

Por fim, o TSE indica que, quem puder, deve comparecer ao local de votação sozinho, evitando levar crianças ou qualquer outro acompanhante.

 

Felpuda


Figurinha cuja eleição estava sub judice trabalha intensamente para ter a votação legalizada. Isso acontecendo, garante uma das cadeiras de vereador. Assim, quem hoje foi proclamado eleito vai para a fila da suplência.

Caso isso ocorra, a figurinha que corre o risco não deverá ficar desamparada, pois deixou secretaria municipal para disputar as eleições e poderá ter a cadeira de volta em 2021. Agora, resta esperar para ver onde vai parar.