Clique aqui e veja as últimas notícias!

CÂMARA MUNICIPAL

Vereadores não entram em consenso e decisão sobre comissões fica para terça-feira

Casa de Leis iniciou oficialmente os trabalhos de 2021 em sessão solene nesta quinta-feira
18/02/2021 12:48 - Rafaela Moreira


A Câmara Municipal de Campo  Grande abriu os trabalhos da 11ª Legislatura em sessão solene, na manhã desta quinta-feira (17). Conforme o presidente da Casa de Leis, ainda não houve consenso sobre as comissões.  

“As comissões ainda estão sendo discutidas, temos como prazo até a próxima terça-feira, vamos analisar durante o final de semana para termos tudo definido na sessão ordinária. Em algumas comissões temos mais nomes do que o número de integrantes permite, a CCJ, por exemplo, temos oito vereadores querendo participar, quando o máximo é cinco, teremos que entrar em um consenso”, explicou Carlos Augusto Borges (PSB).

Os vereadores de Campo Grande deverão anunciar as definições sobre os integrantes até a próxima terça-feira (23), quando está agendada a primeira sessão ordinária da 11ª Legislatura. 

Atualmente, a Câmara conta com 21 comissões permanentes, por onde tramitam os projetos de lei para emissão de pareceres. Também por meio das comissões, cada uma composta por cinco vereadores, são convocadas Audiências Públicas. 

As comissões são renovadas a cada dois anos e conta com cinco integrantes (um presidente, um vice-presidente e três membros). 

Últimas Notícias

O presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Carlão, convocou os parlamentares para arregaçar as mangas e representar, verdadeiramente, o povo de Campo Grande, destacando que o ano de 2021 será desafiador. 

“Temos um compromisso fundamental com o povo de Campo Grande. Em 2006, enfrentei um dos maiores desafios da minha vida, que foi um câncer maligno que tive e venci. Agora, um novo desafio é presidir a Câmara de Campo Grande. Trabalho para dar condições para vocês [vereadores] fazerem um bom mandato, não abrindo mão da fiscalização e buscando sempre a harmonia. A responsabilidade do Legislativo é muito grande”, afirmou o vereador. 

Carlão ainda alertou que, “o povo tá de olho, os tempos são outros. Não adianta só falar bonito na tribuna. Temos que errar menos, com equipe técnica preparada”.