Clique aqui e veja as últimas notícias!

TECNOLOGIA

Após 14 anos do acidente em Congonhas, Infraero anuncia instalação de novo sistema de frenagem no aeroporto

A ferramente consiste em uma camada de materiais porosos colocada nas extremidades das pistas, que causam atrito se entram em contato com o avião
27/01/2021 13:02 - Da Redação


A Infraero anunciou que vai instalar no Aeroporto de Congonhas um novo sistema de frenagem inédito no Brasil, o Engineered Materials Arrestor System (EMAS), em português, sistema de materiais de engenharia para detenção de aeronaves.

A ferramente consiste em uma camada de materiais porosos colocada nas extremidades das pistas, que causam atrito se entram em contato com o avião. Dessa forma, quando alguma aeronave passar da área segura da pista por eventual motivo, ela afundará na superfície pista, sem colocar em risco a vida dos passageiros.

Últimas notícias

Após uma única utilização o sistema precisa ser completamente refeito por causa dos estragos que gera no concreto. Contudo, a segurança do mecanismo está comprovada, sem nenhuma vítima grave.

Em 2016, uma aeronave que estava transportando o então vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, deslizou para fora da pista no aeroporto LaGuardia, em Nova York. O aeroporto tinha um sistema semelhante ao que será instalado em Congonhas, o que possibilitou que todos os passageiros saíssem ilesos.