Tecnologia
SUBSTITUÍDO

Versão clássica do Internet Explorer será desativada nesta quarta-feira

Anúncio foi realizado em maio do ano passado e será oficializado em poucos dias; navegador cede espaço ao Microsoft Edge

Da Redação

13/06/2022 16:30

A partir desta quarta-feira (15), o Internet Explorer será definitivamente aposentado no sistema operacional Windows. O navegador cederá espaço ao programa sucessor, Microsoft Edge.

O "anúncio do fim" do navegador ocorreu em maio do ano passado. Com a aproximação da data, em breve, usuários do Internet Explorer não terão acesso ao navegador. Após o próximo dia 15, data limite para a desativação da plataforma, o aplicativo será removido do Windows 10 e perderá qualquer suporte técnico oferecido pelo Windows.

Anteriormente, a empresa se referiu ao  Microsoft Edge como “o futuro da internet". Segundo a Microsoft, o substituto possibilita uma navegação mais rápida, segura e moderna. Para quem não usa o Explorer e quer migrar à plataforma, cabe ao usuário atualizar o navegador ou optar por outras alternativas de mercado como o Mozilla Firefox e o Google Chrome.

O software ocupa o segundo lugar no ranking de navegadores mais utilizados ao redor do mundo, de acordo com o último levantamento do NetMarketShare e representa segundo estatísticas de outubro de 2020, uma fatia de 10,22% desse setor e mais de 600 milhões de usuários.

Caso opte pelo Microsoft Edge, o usuário pode importar senhas, histórico de navegação, favoritos e outros recursos.

O browser é compatível com sites construídos em tecnologias mais antigas e conta com o "modo Internet Explorer" integrado, onde ele terá acesso à páginas e aplicativos criados especialmente para o Explorer.

A “aposentadoria” não afetará os aplicativos de desktop Windows 10 LTSC e Server Internet Explorer 11 no mercado, nem o mecanismo MSHTML (Trident).

*Com informações de Canal Tech

Assine o Correio do Estado