Clique aqui e veja as últimas notícias!

INOVAÇÃO

Mato Grosso do Sul terá antena 5G na área rural de Ponta Porã

A primeira instalação teste foi realizada em uma fazenda no município de Rondonópolis
03/06/2021 17:20 - Thais Libni


Por meio de suas redes sociais, a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina informou que Ponta Porã receberá uma antena rural 5G.

De acordo com a publicação realizada nesta quinta-feira (3) serão instaladas antenas rurais nas seguintes localidades; Londrina (PR), Distrito Federal (DF), Uberaba (MG), Ponta Porã (MS), Rio Verde (GO), Petrolina (PE) e Bebedouro (SP).

Últimas Notícias

A primeira antena rural destinada à quinta geração de internet (5G) foi instalada na fazenda modelo do Instituto Mato-Grossense de Algodão (IMAmt), em Rondonópolis (MT). 

A expectativa é que, no futuro, quando esse tipo de conexão for disponibilizado em larga escala, ajude o produtor brasileiro a reduzir custos e ganhar produtividade, com o auxílio de drones, chips e GPS [sistema de posicionamento global].

No caso da agricultura, a internet 5G possibilitará, entre outras coisas, a transmissão em tempo real de imagens em alta definição de plantações para acompanhamento a distância de uma equipe técnica. Máquinas como tratores poderão funcionar de forma mais autônoma. 

Além disso, informações precisas sobre o comportamento e a saúde de animais poderão ser obtidas de forma bem mais detalhada, bem como sobre as condições climáticas.

Redução de custos e de perdas

De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), a digitalização do agronegócio reforçará o papel do Brasil como “protagonista no cenário mundial de produção de alimentos a partir da redução de custos e diminuição de perdas na produção”, levando, inclusive, cidadania, conhecimento e oportunidades aos produtores rurais de áreas remotas.

Em nota, o Ministério da Agricultura explicou que o monitoramento remoto, a partir de sensores, permite a medição da temperatura e a avaliação das condições hídricas imediatas na plantação. 

“Em simulação, foi possível acionar a irrigação em determinada área mesmo a quilômetros de distância”, acrescentou.

Assine o Correio do Estado