Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TECNOLOGIA

ONU aprova resolução para elaboração de tratado para combater o cibercrime

ONU aprova resolução para elaboração de tratado para combater o cibercrime
28/12/2019 10:52 - ESTADÃO CONTEÚDO


A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma resolução para iniciar um processo de elaboração de um novo tratado internacional para combater crimes cibernéticos em meio a objeções da União Europeia, Estados Unidos e outros países.

A resolução sugeriada pelos russos foi aprovada pelo órgão mundial de 193 membros por 79 votos a favor e 60 contras, com 33 abstenções.

A resolução estabelece um comitê de especialistas representando todas as regiões do Mundo para elaborar uma convenção internacional abrangente sobre combate do uso de tecnologias da informação e comunicação para fins criminais. O comitê se reunirá em agosto de 2020 para chegar a um acordo sobre o esboço de suas atividades.

Para a vice-embaixadora dos EUA, Cherith Norman Chalet, "esta resolução prejudicará a cooperação internacional para combater crimes cibernéticos em um momento em que uma coordenação aprimorada é essencial", acrescentando que "não há consenso entre os Estados membros sobre a necessidade ou o valor de redigir um novo tratado".

Chalet e o representante finlandês que fala pela União Europeia salientaram que o grupo intergovernamental de especialistas da ONU em crimes cibernéticos já está abordando a questão de se um novo tratado é necessário. "É errado tomar uma decisão política sobre um novo tratado antes de especialistas sobre crimes cibernéticos darem suas opiniões", disse Chalet, acrescentando que a resolução prejudica o trabalho dos especialistas.

Felpuda


Prefeitura de município do interior de MS recebeu recomendação do Ministério Público do Estado no sentido de exonerar servidores comissionados, livres do cartão de ponto, que são parentes de secretários da administração e de vereadores. O nepotismo se tornou um excelente “negócio” por lá, e se até o dia 6 de agosto as devidas providências não forem tomadas, medidas serão adotadas, como ação por improbidade administrativa. Tem gente que não aprende mesmo, né?