Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PESQUISA

Usuários de smartphone pesquisam na web ao comprar

A busca é feita especialmente para comparar os preços dos produtos
25/08/2015 19:40 - FOLHAPRESS


Uma pesquisa feita pelo Google indicou que 74% dos usuários brasileiros de smartphone pesquisam produtos na internet enquanto estão decidindo o que comprar numa loja física.

Segundo a empresa, a busca é feita especialmente para comparar os preços dos produtos. Os consumidores usam o resultado, por exemplo, para barganhar na própria loja.

A pesquisa, feita entre junho e agosto deste ano, ouviu 1.200 usuários de smartphone com idade entre 14 e 54 anos das classes A, B e C.

De acordo com o Google, o estudo reforça a percepção de que o acesso à internet passou a fazer parte do cotidiano dos brasileiros.

"Não entramos mais na internet. Vivemos na internet. As pessoas estão hoje o tempo todo no aparelho móvel. Até mesmo quando estão em casa", afirmou o presidente do Google no Brasil, Fabio Coelho, nesta terça-feira (25) durante evento em São Paulo para apresentação dos achados da pesquisa.

Dados da companhia já indicavam que os brasileiros haviam intensificado o uso do dispositivo móvel para navegação na internet. Segundo o Google, o tempo gasto por uma pessoa na web por meio dos smartphones aumentou 112% no último ano.

Entre os achados do estudo, há boas notícias para empresas e anunciantes.

Dos consumidores entrevistados, 74% disseram que estão tomando decisões de compra mais rapidamente agora do que há alguns anos graças às pesquisas online.

E 65% afirmaram que utilizam o aparelho celular para saber mais detalhes sobre algo que viram em comerciais na televisão.

"O smartphone tornou-se uma plataforma de negócios", disse Coelho.

Felpuda


Mesmo sabendo que não é fácil conquistar a vitória, alguns políticos em pleno exercício do mandato disputam eleições, querendo trocar o Legislativo pelo Executivo e se dizendo preocupados com as necessidades do município. 

A jogada é antiga: fazem campanha eleitoral antecipada, pois vão tentar a reeleição, e começam a “trabalhar” o nome desde já. É bom lembrar o dito popular: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ah, o poder!