MENU

Clique aqui e veja as últimas notícias!

TIRA DÚVIDAS

Veja o passo a passo para solicitar ou renovar o visto para os Estados Unidos

No ano passado, começaram a vencer os primeiros vistos com validade de dez anos
09/01/2021 15:04 - GLAUCEA VACCARI


Todos os brasileiros que desejam viajar para os Estados Unidos precisam tirar o visto. Desde 2010, o visto americano para turistas (B1/B2), que valia por cinco anos, passou a ter validade de dez anos, o que significa que as pessoas que obtivaram o visto nesta época, já devem renová-lo. 

A embaixada dos Estados Unidos no Brasil orienta que os turistas se atentem aos prazos para facilitar o processo, tendo em vista que solicitantes que tenham um visto válido ou expirado nos últimos doze meses podem ser isentos da entrevista.

Últimas notícias

O período de validade do visto significa que, dentro desse prazo, o turista pode retornar para os Estados Unidos sempre que desejar, sem a necessidade de solicitar nova autorização. Os dez anos, no entanto, não significam que a pessoa possa ficar esse período no País, sendo isto determinado na imigração, quando o viajante chega em solo americano.

Assim como o visto, o passaporte comum eletrônico também passou a ser emitido com a validade de 10 anos, no entanto, em 2015. Dessa forma, alguns turistas podem ter o visto válido, mas no passaporte vencido. Nestes casos, é necessário viajar com os dois passaportes, o que está dentro da validade e o antigo, onde está o visto americano válido.

Para fazer a solicitação do visto, há um processo com série de exigências do consulado norte-americano que precisam ser seguidas. 

Já para a renovação, o processo é mais fácil, desde que feito no prazo de até 12 meses após a expiração.

Para renovar o visto de não migrante, os trâmites são os mesmos de quem está solicitando o visto pela primeira vez, mas com a isenção de entrevista no consulado. Mas é preciso preencher formulário DS-160, pagar todas as taxas e entregar documentação solicitada no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV).

Primeiro visto

O processo para solicitar o visto é delicado e é necessário prestar atenção desde o preenchimento da solicitação, porque qualquer erro pode levar a uma negativa.

O primeiro passo é preencher o formulário DS-160, utilizado para solicitação do visto e que deve ser preenchido em inglês, de forma correta. Este é o documento pelo qual o agente consular terá acesso as informações do solicitante e qualquer divergência pode causar negativa. O formulário está disponível no site https://ceac.state.gov/genniv/

O formulário é online e não é necessário pagar para outra pessoa preenchê-lo, no entanto, o solicitante é responsável pelas informações fornecidas e após o gerar a página de confirmação, não é mais possível fazer alterações. 

Caso tenha dúvidas, a pessoa pode contratar uma assessoria de vistos para o preenchimento do documento.

Após o preenchimento é necessário o pagamento das taxas e os agendamentos. A taxa de solicitação varia de US$ 160 a US$ 240, dependendo do tipo de visto solicitado, e não é reembolsável mesmo quando o visto é negado. 

Caso o pagamento seja feito em cartão, a liberação para agendamento acontece na sequência, já em caso de boleto, é necessário aguardar a compensação bancária, que pode levar dois dias úteis. O solicitante deve escolher uma data de acordo com a disponibilidade de datas no Consulado.

São dois locais onde o turista precisa comparecer, sendo o CASV, onde é feito o recolhimento de dados biométricos e fotografia, e o consulado ou embaixada, onde é feita a entrevista.

 O CASV e a embaixada não ficam no mesmo local e é necessário atenção para o agendamento. Apenas en Porto Alegre as duas etapas são feitas no consulado.

Primeiro agende um horário no CASV, que é o primeiro local onde o solicitante deve comparecer levando o passaporte e documentos, para depois agendar a entrevista. 

Ao comparecer para a entrevista, o solicitante deve estar atento às regras. Por razões de segurança, solicitantes de visto e cidadãos americanos não são autorizados a entrar na Embaixada ou nos Consulados com telefones celulares e outros aparelhos eletrônicos e bolsas. 

A Embaixada e os Consulados não possuem local para armazenar tais itens e é recomendado que os mesmos não sejam levados. Companhias privadas oferecem local para armazenamento nas proximidades, mas o serviço é cobrado e não é de responsabilidade do consulado.

Na entrevista, perguntas são feitas com base nas respostas dadas no Formulário DS-160, por isso a importância das respostas corretas e claras. Em alguns casos, o oficial consular pode solicitar documentos que comprovem algumas informações prestadas. 

Logo ao fim da entrevista, o solicitante é informado se teve o visto negado ou aprovado. Caso haja negativa, o passaporte é devolvido na hora. Já em caso de aprovação, o documento é retido para emissão do visto e entregue pelos Correios ou deve ser retirado pelo solicitante, conforme escolha feita na solicitação. 

A maioria receberá os vistos em até dez dias úteis, mas o prazo pode ser maior ou menor, dependendo de cada caso.

Pessoas com idade inferior a 14 anos ou acima dos 79 anos estão isentas de entrevista com o agente consular e não precisam fazer a coleta de impressões digitais, apenas entregar, pessoalmente ou por meio de seus representantes, uma foto 5×7 e a página de confirmação do formulário DS-160. 

Renovação

De acordo com as normas da Embaixada, brasileiros e argentinos residentes no Brasil que tenham visto nas categorias B1/B2 (negócios, turismo e/ou tratamento médico); C1/D (transporte/tripulante); F/J (estudante) e M (Estudante de curso vocacional), podem se qualificar para a renovação sem necessidade de entrevista na Embaixada ou Consulado, em um primeiro momento, desde que o visto ainda esteja válido ou tenha expirado em 12 meses.

Todos os solicitantes devem realizar um agendamento no Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (Casv) e, na data agendada, levar todos os documentos referentes à solicitação, incluindo passaporte anterior com o visto válido ou vencido.

Em todos os casos, o oficial consular reserva-se ao direito de solicitar uma entrevista com qualquer solicitante de visto, caso julgar necessário.

Orientações

O visto permite que a pessoa viaje até uma porta de entrada nos Estados Unidos, de onde ele solicita a permissão de um funcionário do Serviço de Alfândega e Proteção de Fronteiras do Departamento de Segurança Interna (DHS) para entrar no País. Ou seja, o visto não garante a entrada no País.

Planejamento antecipado é importante para facilitar o processo de solicitação, que deve ser feito com antecedência da viagem. Também é importante comprar as passagens apenas quando tiver o passaporte com o visto emitido em mãos.

Quando concedido, o visto americano de turismo tem validade por dez anos, mas isso não significa que uma pessoa pode ficar por esses dez anos nos Estados Unidos. 

O tempo de permanência ininterruptamente é variável e é definido pelo agente de imigração do aeroporto, na hora que o passageiro desembarca em solo americano. O prazo médio de permissão é de seis meses, mas pode ser maior ou menor, de acordo com a avaliação feita pela imigração americana.