Clique aqui e veja as últimas notícias!

ARQUITETURA

Estudos mostram que pintar telhado de branco não resolve problemas de conforto térmico

Estudos mostram que pintar telhado de branco não resolve problemas de conforto térmico
14/09/2014 16:00 - Laís Camargo


Aclamada como uma solução sustentável, pintar o telhado de branco pode não resolver problemas de conforto térmico, segundo um estudo realizado na Poli-USP (Escola Politécnica da Universidade de São Paulo).

O problema é que as tintas imobiliárias são suscetíveis ao crescimento de fungos escuros. Atacado por micro-organismos, o telhado volta a absorver a mesma quantidade de calor devido à cor.

"Nossos estudos mostraram que o início da colonização ocorre já nas primeiras semanas após a pintura, mas os efeitos visíveis a olho nu começam a ser observados a partir do primeiro ano", explica Márcia Shirakawa, responsável pela pesquisa.

Mesmo com biocida, usado para impedir o crescimento de micro-organismos, as tintas perdem essa capacidade porque o produto é retirado da superfície por ação da água de chuva conforme o tempo de exposição.

"O crescimento de fungos foi superior nas tintas expostas na cidade de São Paulo do que em Belém do Pará", afirma a pesquisadora.

Possivelmente isso acontece pela poluição atmosférica da capital paulista, avalia.

As tintas podem ficar bastante comprometidas antes de três anos de exposição, o que obrigaria à frequente manutenção do telhado.

Para resolver a questão, há outras opções. "É possível usar o sombreamento da unidade habitacional, soluções de isolamento térmico, tetos frios e telhados verdes", cita Vera Hachich, conselheira do CBCS (Conselho Brasileiro de Construção Sustentável).

Com informações da Folha