Veículos
TESTE DRIVE

Chevrolet Equinox tem a missão de ser uma referência de conforto e requinte para a marca

A versão esportiva RS é oferecida por R$ 204.990, e a Premier, custa R$ 221.990

Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix

26/07/2022 09:52

Em sua terceira geração, a função do Equinox no Brasil não é brigar pela liderança do segmento de utilitários esportivos médios – ocupada há tempos pelo Jeep Compass, seguido pelo Toyota Corolla Cross, pelo Caoa Chery Tiggo 7 Pro e pelo Volkswagen Taos. 

A proposta é ser uma referência aspiracional em termos de conforto e requinte, função similar à exercida pelo Camaro no aspecto da esportividade. Para recuperar o espaço perdido com a temporada ausente no Brasil, o Equinox apresenta no mercado nacional a atualização visual que estreou na América do Norte em 2020. São discretas evoluções no design, conectividade e conteúdo tecnológico. 

A nova versão esportiva RS, com tração dianteira, substitui a antiga configuração de entrada LT e é oferecida por R$ 204.990. Ela divide a oferta da linha com a já conhecida “top” Premier, que vem com tração integral e custa R$ 221.990. Até 2023, a linha Equinox deve ser ampliada com a versão EV, 100% elétrica, já confirmada para o mercado sul-americano.