Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

MOTOMAIS

Confira as dicas e novidades semanais sobre motos no Brasil e no mundo

Lançamento da scooter taiwanesa AK 550 e a apresentação da Scout Bobber Sixty 2020 da Indian
14/09/2020 09:24 - Edmundo Dantas/AutoMotrix


Taiwanesa manauara

A Kymco lançará no Brasil a scooter AK 550. Com produção na Zona Franca de Manaus, a nova maxi scooter da marca taiwanesa deve chegar às lojas até o final do ano, para concorrer com modelos como Honda X-ADV e Suzuki Burgman 650 Executive. A Kymco é representada no Brasil pelo grupo J. Toledo, que também representa a marca japonesa Suzuki e a chinesa HaoJue. A AK 550 traz motor com dois cilindros de 550 cm³, que entrega 51 cavalos a 7.500 rpm e 5,6 kgfm a 5.500 rpm, e atua conjugado a um câmbio CVT. Conta com freios a disco duplo na dianteira e simples na traseira com ABS, suspensão dianteira invertida e chassi em alumínio. O modelo tem painel digital, partida sem a chave, iluminação full-led, conectividade com smartphone, monitoramento da pressão dos pneus, para-brisa com altura ajustável, dois modos de pilotagem, tomada de 12V, punhos aquecidos e altura do assento em três níveis. Aguardada no Brasil desde 2017, a AK 550 marcou presença no Salão Duas Rodas, no ano passado, no qual foi anunciada por R$ 44.900 - mas o dólar na época valia bem menos do que agora. Ou seja, o preço deve subir. 

Fase negra

A marca norte-americana Indian apresentou a versão de 2020 da Scout Bobber Sixty, na verdade, uma configuração de 999 cc e dez quilos mais leve da Scout Bobber. A proposta da Scout Bobber Sixty é ser uma opção para os que procuram uma Indian com a máxima qualidade combinada com uma estética mais simples e um preço mais acessível. Movida pelo mesmo motor de 78 cavalos e refrigeração líquida da Scout Sixty, o peso reduzido e o baixo centro de gravidade tornam a Scout Bobber Sixty interessante para os motociclistas que procuram uma moto com estilo “vintage”, postura agressiva e preço competitivo. A Scout Bobber Sixty mantém o estilo despojado da Scout Bobber, com os para-lamas cortados e a posição de condução mais agressiva, com o tronco mais inclinado para a frente. O motor vem pintado de negro, com assento e rodas pretos. A Scout Bobber Sixty está disponível em duas decorações, Thunder Black e Thunder Black Smoke, com preços a partir de US$ 14.600, aproximadamente R$ 77.500.

Triplo X

As dez unidades iniciais da Edição Especial Limitada da Aprilia Tuono X foram vendidas segundos após ser anunciada a sua disponibilidade. A pressão que muitos outros interessados fizeram motivou a marca italiana a estender a produção da Tuono X a mais vinte unidades. Com motor V4 herdado da versão RSV que entrega 218 cavalos e tem apenas 166 quilos, trata-se de uma máquina destinada a fazer bonito em qualquer “track day”. Os contemplados das próximas Tuono X terão que desembolsar 35 mil euros, cerca de R$ 220 mil. A expectativa é que as novas vinte unidades sejam comercializadas no mesmo tempo das dez anteriores.

Caminho das pedras

O Erzberg Rodeo é um evento austríaco de enduro para motocicletas iniciado há vinte e cinco anos e realizado anualmente em maio ou junho, sempre em áreas de mineração. É o maior de seu gênero na Europa. O evento deu nome à edição especial e limitada da 300 XC-W TPI, intitulada Erzebergrodeo. Ela foi anunciada pela fabricante austríaca de motocicletas KTM como sendo uma máquina dentro do espírito “Ready to Race” – “pronta para corridas” -, ou seja, apta para enfrentar qualquer desafio off-road. Elaborada a partir da 300 XC-W TPI e para comemorar o quarto ano dos motores KTM de dois tempos com injeção eletrônica, essa edição Erzebergrodeo vem com grafismos especiais e é equipada com tudo aquilo que de melhor pode ser encontrado em moto de enduro atualmente, incluindo desde rodas Factory com aros de competição DID até proteção de cárter em alumínio, proteção de guia de corrente, botão de seleção de mapeamentos de motor e tampão do óleo anodizado laranja. 

 
 

Felpuda


Esforços vêm sendo feitos por certos candidatos derrotados na tentativa de conseguir emplacar em cargos públicos comissionados alguns ex-integrantes das equipes de trabalho da campanha eleitoral.

A preocupação não seria, na realidade, com situação de dificuldades que essas pessoas enfrentariam a partir de agora, mas, sim, para livrarem-se de pagar pendências trabalhistas referentes ao período da disputa. Tem cada uma!