Clique aqui e veja as últimas notícias!

MOTOMAIS

Confira as dicas e novidades semanais sobre motos no Brasil e no mundo

Semanalmente a coluna acompanha as notícias em destaque no meio automotivo
07/10/2021 14:45 - Edmundo Dantas/AutoMotrix


Aventura à italiana

A Ducati deu início a sua linha 2022 com a Multistrada V2, que deve substituir a atual Multistrada 950. 

A nova motocicleta usa um motor bicilíndrico em L (V a 90 graus) com comando de válvulas desmodrômico e 937 cm³ de capacidade, ficando dois quilos mais leve. 

O “powertrain” libera 113 cavalos de potência a 9 mil giros e 10 kgfm de torque a 6.750 rpm. 

A Ducati fez atualizações na caixa de câmbio, para garantir maior fluidez e precisão nas trocas de marchas, facilitando ainda o engate do neutro. 

A embreagem passa a ter acionamento hidráulico e conta com oito discos. A suspensão é totalmente ajustável, tanto na dianteira quanto na traseira. 

Os freios são da Brembo com pinças radiais e discos de 320 milímetros na dianteira, enquanto a traseira tem pinça flutuante e um disco de 265 milímetros. 

A moto oferece quatro modos de pilotagem (“Sport”, “Touring”, “Urban” e “Enduro”), controle de tração com oito níveis de ajuste e ABS com três. 

O assistente de partida em rampa também é de fábrica, assim como os piscas com cancelamento automático. A Multistrada V2 e a V2S têm lanternas de leds, mas apenas a segunda recebe faróis de leds com função de iluminação em curvas. 

A previsão é que a moto comece a chegar às lojas europeias em novembro. Ainda não há previsão sobre a chegada ao Brasil.

Prata gelada  

As vinte e uma concessionárias Triumph espalhadas pelo Brasil recebem nos próximos dias a linha 2022 do modelo Street Triple RS, que traz como novidade grafismos diferentes e tonalidades na cor Silver Ice (prata), com preço de R$ 57.990. 

A Street Triple RS tem um visual bem agressivo, incluindo modernos faróis duplos em leds e carenagens esportivas, com linhas mais limpas em relação à versão anterior. O TFT tem funcionalidade com o sistema de conectividade My Triumph, pronto para ser usado com a instalação do módulo Bluetooth (opcional). 

O motor de 765 cc atinge um pico de torque de 9 kgfm (a 9.350 giros). Seu escapamento suaviza a curva de torque do motor para uma “tocada” mais emocionante e utilizável desde o início até as faixas de rotações mais elevadas. A potência chega a 123 cavalos (a 11.750 rpm). 

O mais recente Triumph Shift Assist (TSA), “quickshifter” para cima e para baixo, é item de série no modelo. Ele permite trocas de marchas mais suaves sem o uso da embreagem, mantendo a posição do acelerador para garantir mais performance e conforto para o piloto. Há cinco modos de pilotagem (“Road”, “Rain”, “Sport”, “Track” e “Rider”). 

Esses modos ajustam a resposta do acelerador, as configurações dos freios ABS e do controle de tração e podem ser selecionados com a moto em movimento.

Leia as últimas notícias