MENU

Clique aqui e veja as últimas notícias!

COLUNA CARMAIS

Confira as novidades semanais sobre automóveis no Brasil e no mundo

Semanalmente a coluna acompanha as notícias em destaque no meio automotivo
09/09/2021 10:45 - Daniel Dias/AutoMotrix


Tropeço em agosto

De acordo com a Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), agosto teve queda de 2,39% na venda de carros e comerciais leves em relação ao mês anterior deste ano, com 158.514 emplacamentos. 

Ante o mesmo mês do ano passado, o recuo foi mais significativo, com 8,65% a menos. 

No acumulado dos oito meses de 2021, foram vendidas 1.327.583 unidades nos dois segmentos, representando um aumento de 20,7% sobre o mesmo período do ano passado. 

Entre os modelos, a Fiat Strada voltou a comandar, tanto em agosto quanto nos oito primeiros meses. 

A picape compacta vendeu 9.111 exemplares em agosto e 79.713 desde janeiro. As cinco primeiras posições foram ocupadas por modelos da Stellantis, sendo as quatro da frente, da Fiat. 

Atrás da Strada, ficaram os Fiat Argo, com 7.711 unidades no oitavo mês e 60.507 no ano, Mobi (7.538 e 54.949) e Toro (6.685 e 47.797) e o Jeep Compass (6.819 e 46.038). 

Em sexto no mês, ficou o Hyundai HB20, com 6.795 emplacamentos e 59.999 no acumulado, à frente do Jeep Renegade (6.710 e 54.170), do Volkswagen T-Cross (6.698 e 39.268), do Hyundai Creta (4.822 e 42.582) e da Chevrolet S10, que finalmente voltou a superar a Toyota Hilux em um mês. 

A picape média da Chevrolet vendeu 4.798 unidades em agosto e 21.722 no ano, enquanto a Hilux ficou com 4.363 e 28.174, respectivamente.

Fácil

Com a Strada no geral e o Argo entre os carros de passeio, a Fiat “deitou e rolou” nos números de vendas de agosto. A marca italiana pertencente à Stellantis teve 39.040 unidades vendidas entre automóveis e comerciais leves em agosto, ficando com 24,6% de participação de mercado. 

A Volkswagen ocupou a segunda colocação, com 23.283 emplacamentos e 14,6% de “market share”, seguida da Toyota (17.426 e 10,9%), da Hyundai (14.494 e 9,1%), da Jeep (13.551 e 8,5%), da General Motors (8.953 e 5,6%), da Renault (8.490 e 5,3%), da Honda (8.074 e 5,09%), da Nissan (4.817 e 3,04%) e da Caoa Chery (4.717 e 2,9%), “novata” no “top ten” mas que se aproximou bastante do nono lugar em números e participação.

Leia as últimas notícias