Clique aqui e veja as últimas notícias!

INOVAÇÃO

Das telas para as pistas, Ford faz apresentação mundial do Fordzilla P1

Depois de desenvolve-lo de forma totalmente virtual, a montadora materializa o bólido
25/12/2020 09:44 - Daniel Dias/AutoMotrix


A Ford apresentou em uma “live” em escala global a versão real do carro virtual Fordzilla P1, o primeiro desenvolvido por uma marca automotiva em parceria com jogadores cibernéticos, em um perfeito exemplo de conjunção do mundo físico com a Realidade Aumentada (RA). 

A Team Fordzilla é a equipe oficial da marca norte-americana na Europa dedicada a esportes eletrônicos, os e-sports. Ver carros reais reproduzidos em jogos de computador é comum, mas a originalidade do caminho inverso é que chama a atenção. Conforme a Ford antecipa, a versão do jogo está sendo finalizada por uma grande empresa desenvolvedora de games para lançamento em 2021.

A criação do Fordzilla P1 se iniciou em março deste ano, quando jogadores foram convidados a votar em vários aspectos do carro pelo Twitter, incluindo a posição do motor e configuração dos bancos e do cockpit. Cerca de 250 mil fãs participaram do processo. O exterior inovador do Fordzilla P1 foi criado pelo mexicano Arturo Ariño, e o interior, pelo norte-americano Robert Engelmann, designers da Ford. 

O carro tem estrutura monocoque, parcialmente coberta por uma capota grande e supertransparente ao estilo dos aviões de caça, protegendo o piloto e o “navegador”. Além de deixar indefinidos os limites do exterior e interior do carro, essa cobertura enfatiza a sua posição de dirigir inspirada nos carros da Fórmula-1.

A parte de fora do Fordzilla P1 combina uma frente elegante, como a do Ford GT, com belos para-lamas, painéis laterais esculpidos e estruturas flutuantes conectando visualmente a cabine às rodas traseiras. A parte de trás é totalmente exposta e celebra a aerodinâmica e a agressividade dos circuitos de competição. 

No cockpit, painéis de leds mantêm o piloto e o “navegador” informados sobre o estado da pista em sua visão periférica. Uma tela integrada ao volante permite a troca de dados com uma equipe localizada remotamente. Todo o interior foi projetado para reduzir qualquer tipo de distração do piloto e aumentar seu prazer em conduzir o veículo.

 
 

O Fordzilla P1 é o primeiro carro da Ford construído digitalmente sem qualquer interação “face a face” durante todo o processo. Devido à pandemia da Covid-19, ele foi projetado por uma equipe que nunca se reuniu, trabalhando remotamente em cinco países diferentes, e construído em apenas sete semanas – menos da metade do tempo normal. Lançada no ano passado, a equipe Team Fordzilla marcou a estreia da Ford no universo dos esportes eletrônicos. Atualmente, conta com mais de quarenta pilotos participantes de campeonatos e torneios profissionais. 

Mostramos novamente na Gamescom (realizada em Colônia, na Alemanha) deste ano que levamos os jogos a sério”, disse Emmanuel Lubrani, gerente de Comunicação do Team Fordzilla na Europa.

Com proporções extremas – 4,73 metros de comprimento, dois metros de largura e apenas 89,5 centímetros de altura – e rodas de 21 polegadas com pneus 315/30 R21 na dianteira e 355/25 R21 na traseira, o Fordzilla P1 tem um caráter inconfundível. 

O que foi crítico para mim quando analisamos vários projetos no início deste ano foi que ele precisava ser inequivocamente um Ford. E o P1 definitivamente se encaixa nesse critério. Ele é inovador de muitas maneiras, principalmente como nasceu, como uma parceria entre uma comunidade de jogos altamente apaixonada e nossa equipe supertalentosa de design”, comemorou Stuart Rowley, presidente da Ford Europa.

Para criar o modelo no computador e transformá-lo em realidade, a equipe partiu do trem de força do novo GT, baseado no GT40, o único carro construído nos Estados Unidos a vencer as 24 Horas de Le Mans, de 1966 a 1969, desenvolvido principalmente pelo lendário Carroll Shelby, morto em 2012 aos oitenta e nove anos de idade e que teve parte de suas proezas nas pistas imortalizadas no filme “Ford vs Ferrari”, de 2019. O Fordzilla pode ser “equipado” com o motor 3.5 V6 Ecoboost twin-turbo de 656 cavalos e 76 kgfm de torque, associado ao câmbio automatizado de dupla embreagem e 7 marchas Getrag 7DCL750, ou “empurrado” por propulsão elétrico