Clique aqui e veja as últimas notícias!

TESTE DA SEMANA

Confira os detalhes e impressões da Ford Ranger Storm 3.2 Diesel 4X4 ATT

1.200 km a bordo da picape que subiu cerca de 25% desde o seu lançamento
16/01/2021 09:20 - Leandro Gameiro


Quando foi lançada, com valor sugerido de R$ 150 mil, ela mexeu com o mercado, mas agora já está tudo normal. Realmente, os carros deram um “boom” e os preços foram para as alturas e com a Ranger não foi diferente: a picape oferece a mesma coisa, custando cerca de R$ 35 mil a mais.  

De fato, a Ranger Storm é bem completa, com motor 3.2 turbo diesel de 200 cv, 47 kgfm de torque, câmbio automático de seis velocidades, tração 4x4, bloqueio de diferencial e sete airbags, esses são alguns itens considerados essenciais. Quando se fala de picape, é importante frisar que por maior conforto que ela ofereça, não pode ser comparada com sedãs e SUVs. Uma coisa é certa, todas as picapes do mercado evoluíram muito em relação ao conforto, mas ainda pulam um pouco.  

Um item que se destaca na Ford Ranger é a direção elétrica progressiva, pois nem parece que estamos dirigindo uma picape com pouco mais de 2.200 kg, com pneus de uso misto 265/65R17. Alguns itens são exclusivos nessa versão, como grade frontal, santoantônio, e os adesivos espalhados pela carroceria.  

Impressões ao dirigir

Ao todo foram 1.240 km, entre estradas asfaltadas, de terra e pelas cidades da nossa região. A vantagem de estar em uma picape com tração 4x4 é que, faça sol ou chuva, você sempre se sente seguro para guiar. Desde a última alteração, os faróis da Ford Ranger melhoraram muito e por isso passa mais tranquilidade para dirigir à noite.

Apesar de toda tecnologia embarcada, faltam saídas de ar-condicionado para os passageiros do banco traseiro, assim como saídas auxiliares tipo USB. Em contrapartida, o console central é refrigerado, um ponto positivo para quem anda com água e algumas bobeirinhas, como chocolate, frutas e afins. O multimídia é muito eficiente, conseguindo acessar aplicativos e controlar o ar-condicionado duas zonas.  

O santoantônio, além de estiloso, é funcional, podendo se instalar capota marítima e snorkel para aumentar a capacidade off road da picape. Originalmente, a Ford Ranger pode atravessar até 80 centímetros de área alagada.  

As rodas escurecidas, os adesivos e os estribos completam o charme da camionete. Se você está procurando uma picape, com certeza a Ford Ranger é uma opção para fazer o test drive.  

A capacidade de carga está entre as melhores da categoria, podendo carregar 1.040 kg, e ainda rebocar até 2.680 kg em reboque com freio. Sem esse sistema, a capacidade cairia para 750 kg apenas. 

A média geral de consumo ficou na casa dos 9,5 km/l, mas quando andamos pelo centro de Campo Grande, Ribas do Rio Pardo e Aquidauana, a média caiu para 8 km/l.  

No começo das avaliações, que foi no fim de 2020, o modelo tinha preço sugerido de R$ 185.900. Em 2021, o valor do mesmo modelo já está na casa dos R$ 191 mil, e com os acessórios pode ultrapassar os R$ 200 mil. Mas como sempre digo, o melhor carro é aquele que se enquadra com a sua utilidade e necessidades. A Ranger tem ótimos atributos, masa liderança permanece com a Toyota Hilux.

Siga-nos nas redes sociais: @correioestado e @correioveiculos.