Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

MOTOMAIS

Dicas e novidades sobre motos

O novo site da Harley Davidson e Ducati apresenta suas novas jaquetas
15/06/2020 08:43 - Edmundo Dantas/AutoMotrix


Vender ou vender

Em plena pandemia da Covid-19, com muitas concessionárias ainda fechadas pela necessidade do isolamento social, os departamentos de marketing das fabricantes de motocicletas têm de criar estratégias para estimular as vendas. Neste mês de junho, a Kawasaki Motores do Brasil está lançando a Race Fest 2020, uma promoção que oferece condições especiais e benefícios para quem deseja trocar de moto e sair com uma zero-quilômetro. Dentre as vantagens que os clientes podem escolher durante o festival, além de bonificações que variam de acordo com o modelo pretendido, será possível fazer pagamentos parcelados em até trinta e seis vezes com taxa de 0,99% ao mês e entrada mínima de 30% ou obter um desconto no valor do preço público sugerido (PPS) mais frete (à vista). Ou ainda, ganhar emplacamento total grátis. No caso da aventureira Versys-X 300 ano/modelo 2020/2020, com seu motor de 296 cc bicilíndrico paralelo de quatro tempos, que tem preço público sugerido de R$ 23.940, os clientes podem optar por qualquer um dos três benefícios no ato da compra (não cumulativo). 

 
 

Conectar é preciso

Para driblar as limitações de acesso às concessionárias impostas pela pandemia da Covid-19, a Harley-Davidson apresenta seu novo site no Brasil, mais intuitivo e responsivo. O site foi redesenhado para tornar mais fácil que os consumidores interajam com a marca. Com navegação simplificada, estruturada para a forma como os consumidores acessam e buscam informações, não é mais necessário abrir várias janelas e microsites do navegador. Agora está tudo no mesmo lugar, com fácil acesso. O menu “Motos” organiza as motocicletas por tipo de pilotagem, não por famílias e chassis. Isso ajudará os clientes a identificar motocicletas que possibilitam a experiência desejada. O novo site da Harley-Davidson do Brasil foi projetado para dispositivos móveis, visto que aproximadamente 60% do tráfego é proveniente de smartphones ou tablets.

 
 

Sonho de uma noite de verão

O verão europeu está chegando e a italiana Ducati apresenta suas novas jaquetas ventiladas para andar de moto durante a estação. Todos os agasalhos são feitos de materiais leves e respiráveis para garantir a máxima respirabilidade, projetados para enfrentar viagens durante a estação mais quente, sempre com grande atenção ao conforto e à segurança. É o caso do Ducati Corse Tex Summer C2, uma jaqueta de tecido com um design colorido, nascido da colaboração com a Dainese, renomada fabricante italiana de equipamentos de proteção para esportes dinâmicos. Confeccionada com uma mistura de malha e tecido leve, com forro interno removível à prova de vento, a peça de vestuário altamente ventilada foi projetada especificamente para climas quentes e úmidos e para a temporada de verão. Tem inserções de alumínio nos ombros e protetores compostos nos cotovelos. A coleção de jaquetas ventiladas para o verão está disponível em www.shop.ducati.com ou nas concessionárias europeias da Ducati.  

 
 

Lá vem ela

A nova Yamaha Ténéré 700 chega às lojas norte-americanas neste mês de junho, já como modelo 2021. O modelo tem preço sugerido de US$ 9.999 mais US$ 425 de frete, o que dá algo em torno de R$ 50 mil. A Yamaha informa que a nova Ténéré 700 apresenta um motor de dois cilindros com refrigeração líquida e 689 cc, com injeção de combustível, derivado da MT-07. Segundo a fabricante, esse propulsor compacto oferece a potência ideal para viagens de aventura, entregando torque e força controláveis em todos os tipos e condições de pilotagem. A carenagem dianteira e os protetores de mão trabalham junto com o guidão cônico para garantir conforto nas viagens mais longas. A Yamaha Ténéré 700 provavelmente chegará ao Brasil, mas a data ainda não está definida.  

 

Felpuda


Nos bastidores, há quem garanta que a única salvação, de quem está com a corda no pescoço, é ele aceitar ser candidato a vice-prefeito em chapa de novato no partido. Vale dizer que isso nunca teria passado por sua cabeça, uma vez que foi eleito com, digamos, “caminhão de votos”. Se aceitar a imposição, pisaria na tábua de salvação; se recusar, poderá perder o mandato. Ah, o poder!