Clique aqui e veja as últimas notícias!

SUV

A Jeep, na trilha da expansão, anuncia o lançamento de uma nova versão do Renegade

A novidade é a Moab, e além disso, em 2021 lançará o terceiro modelo da marca produzido no país
19/10/2020 14:21 - Daniel Dias/AutoMotrix


O Polo Automotivo Jeep, em Goiana (PE), completou cinco anos comemorando o sucesso dos dois modelos “made in Brazil” da marca norte-americana – o Renegade e o Compass, com quase seiscentas mil unidades produzidas até setembro. Para marcar a ocasião, anunciou uma nova versão do Renegade, a Moab, e a chegada de um terceiro modelo a ser produzido em Pernambuco. O novo SUV será do segmento “D” (de tamanho grande) e será lançado no segundo semestre de 2021, quando a Jeep comemorará seus oitenta anos. Ainda sem um nome definido, o novo modelo não será chamado de Grand Compass, como a maioria da legião de fãs da Jeep previa. 

 Mesmo não revelando o nome do futuro “irmão” do Renegade e do Compass – além da picape Fiat Toro, também fabricada em Goiana –, a Jeep confirma que será um utilitário esportivo para até sete pessoas, terá versões híbridas em um segundo momento, com a utilização dos motores bicombustíveis feitos em uma nova fábrica da FCA em Minas Gerais, será idealizado 100% no Brasil e utilizará apenas motores turbocomprimidos. “O nosso SUV de sete lugares chegará com espaço interno para toda a família para completar a gama Jeep por aqui, que já conta com os nacionais Renegade e Compass e os importados Wrangler e Grand Cherokee. Não temos dúvida de que será mais um sucesso da marca. Vamos estender a nossa liderança para a categoria D dos SUVs. E esse lançamento marca ainda um dos passos para a renovação da nossa gama no Brasil”, promete Alexandre Aquino, gerente-sênior do Brand Jeep para a América Latina.

A configuração Moab vem para aumentar o “poder de fogo” do Renegade no mercado brasileiro. Líder de vendas no segmento até antes do início do isolamento imposto pela Covid-19, o Renegade ocupa atualmente o segundo lugar no acumulado do ano, com 36.403 unidades emplacadas, atrás do Volkswagen T-Cross (41.989). Em setembro, o Renegade vendeu 5.748 exemplares, ficando em décimo no geral dos carros fabricados no Brasil, ranking liderado pela Fiat Strada, do grupo FCA. Em homenagem ao Deserto de Moab, no Estado de Utah, o lugar preferido dos aficionados pela Jeep experimentarem seus carros nos Estados Unidos, a nova configuração do Renegade já desembarcou nas concessionárias brasileiras, com preço de R$ 139.690. Entretanto, a marca oferece um desconto de R$ 7 mil para os primeiros compradores, que poderão adquirir a versão por R$ 132.690 durante um “prazo bem curto”, segundo a fabricante.