Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CUPÊ ESPORTIVO

Lançamento da segunda geração do Porsche Panamera, que desembarca no Brasil na versão híbrida

O Porsche 4S E-Hybrid tem preço previsto no mercardo nacional de R$ 649 mil
27/08/2020 08:35 - Daniel Dias/AutoMotrix


O Panamera é um impressionante cupê de quatro portas com grande porte surgido em 2009 e que logo caiu nas graças dos entusiastas fãs da Porsche. Atualmente, o modelo comanda as vendas da marca alemã no Brasil ao lado de seu “irmão” Cayenne. A segunda geração do Panamera foi apresentada nesta quarta-feira, dia 26 de agosto, em uma “live” diretamente da Alemanha mais rápida que o próprio carro, com a presença de Oliver Blume, CEO da Porsche, e do piloto de testes alemão Timo Bernhard. O novo Panamera estará nas concessionárias europeias até meados de outubro. Naturalmente, o modelo virá para o Brasil, embora no momento está confirmado o desembarque no mercado nacional apenas da versão 4S E-Hybrid, com previsão de chegada para o início do próximo ano. O preço previsto da configuração híbrida no país é R$ 649 mil, já incluindo a instalação do carregador.

A Porsche define o novo Panamera como uma simbiose única em seus contrastes, combinando o desempenho de um esportivo ao conforto de um sedã. Com o Panamera Turbo S, de 630 cavalos, a fabricante de carros esportivos reforça sua proclamação de melhor desempenho da categoria. Segundo a marca, o novo modelo topo de linha ultrapassa resultados de desempenho do Turbo S anterior por uma larga margem. A Porsche continua desenvolvendo sua estratégia E-Performance. O 4S E-Hybrid é um novo integrante da gama de híbridos plug-in, oferecendo um trem de força totalmente novo com 412 kW ou 560 cavalos. Em comparação com os híbridos anteriores, a autonomia totalmente elétrica foi elevada em até 30 por cento. Tanto o conforto quanto a esportividade ganharam muito com os aperfeiçoamentos dos componentes do chassi e dos sistemas de controle, ao lado de uma nova geração de sistema de direção e pneus.

Com uma potência de 630 cavalos e um torque de 83 kgfm, o novo Turbo S oferece 80 cavalos adicionais e 51 kgfm em relação à versão anterior, topo de linha com motor a combustão. De acordo com a Porsche, isso teve um efeito positivo no desempenho: no modo “Sport Plus”, o Turbo S acelera de zero a 100 km/h em apenas 3,1 segundos. Desenvolvido em Weissach e fabricado em Zuffenhausen, na Alemanha, o conhecido motor 4.0 V8 biturbo foi reformulado para permitir que o carro atingisse uma velocidade máxima de 315 km/h. Para transferir a grande potência para a estrada de forma controlada e aumentar o desempenho nas curvas, a suspensão pneumática de três câmaras, o sistema Porsche Active Suspension Management (PASM - gerenciamento ativo da suspensão) e o sistema de estabilização de rolagem Porsche Dynamic Chassis Control Sport (PDCC Sport - controle dinâmico esportivo do chassi), incluindo o Porsche Vectoring Plus (PTV Plus - direcionamento de torque), foram adaptados para cada modelo específico e melhorados individualmente. O novo Turbo S já comprovou sua capacidade de desempenho sem restrições recentemente no lendário Nordschleife, o circuito de 22 quilômetros de Nürburgring, com o piloto de testes Lars Kern completando a volta da pista mais exigente do mundo em exatamente 7min29s81, um novo recorde para carros de produção.

 
 

O motor V8 biturbo do Panamera GTS foi trabalhado com foco específico em sua potência. Com 480 cavalos e 63 kgfm de torque, o novo GTS entrega 20 cavalos de potência a mais do que seu antecessor. A potência cresce continuamente até perto do limite de rotação do propulsor. Por isso, a disponibilidade de força é como a de um carro esportivo clássico equipado com motor aspirado. As características do som tradicional de um V8 ficaram ainda mais proeminentes, graças ao novo sistema de escapamento esportivo de série, equipado com silenciadores traseiros posicionados assimetricamente. Os novos Panamera e Panamera 4 agora são equipados com o motor 2.9 V6 biturbo, com 330 cavalos e 46 kgfm, mantendo o desempenho inalterado. Os sistemas de chassi e controle foram orientados para um caráter mais esportivo e confortável em todos as novas configurações do Panamera. Alguns sistemas foram até mesmo desenvolvidos completamente do zero. O Porsche Active Suspension Management (PASM - gerenciamento ativo da suspensão), por exemplo, ganhou uma melhora no conforto de amortecimento, enquanto o controle do sistema elétrico de estabilização de rolagem Porsche Dynamic Chassis Control Sport (PDCC Sport) garante uma maior estabilidade da carroceria. Também há uma nova geração de equipamentos para o controle da direção e dos pneus.

A Porsche apresentou ainda um novo modelo híbrido plug-in voltado ao desempenho: o Panamera 4S E-Hybrid. A combinação do motor elétrico de 100 kW (136 cavalos) com o 2.9 V6 biturbo com 324 kW (440 cavalos) gera uma potência de sistema de 560 cavalos e um torque de 76 kgfm, com o propulsor a combustão integrado à transmissão PDK de 8 velocidades com dupla embreagem – a mesma dos outros Panamera. Conforme a Porsche, em combinação com o pacote Sport Chrono, a arrancada de zero a 100 km/h do híbrido é feita em 3,7 segundos, com a velocidade final de 298 km/h. A capacidade bruta da bateria foi aumentada de 14,1 para 17,9 kWh em comparação com os modelos híbridos anteriores com o uso de células e os modos de condução otimizados para uma utilização de energia mais eficiente. O 4S E-Hybrid agora tem uma autonomia totalmente elétrica de até 54 quilômetros pelo ciclo WLTP EAER City (pelo NEDC, é de 64 quilômetros).

Além do sedã esportivo e do híbrido, os novos Panamera podem ser encomendados nas versões Sport Turismo (“perua”) ou Executive, com maior distância entre-eixos, dependendo do sistema de propulsão. Todos são agora equipados de fábrica com a dianteira Sport Turismo, anteriormente opcional, com grades nas entradas de ar, grandes aberturas de resfriamento laterais e módulo luminoso dianteiro formando uma barra única. A frente completamente nova do Turbo S é diferenciada pelas maiores tomadas de ar laterais e pelos elementos com novo design na cor da carroceria conectados horizontalmente, dando ênfase à largura do veículo. A faixa luminosa retrabalhada na traseira corre sem emendas sobre a tampa do compartimento de bagagem com um contorno adaptado. Ela cria assim uma conexão contínua e fluida entre os dois conjuntos de lanternas em leds com novo design. Os GTS têm esses conjuntos escurecidos Exclusive Design de série com função dinâmica “coming/leaving home”. Três novas rodas com 20 e 21 polegadas foram acrescentadas à gama, totalizando dez designs disponíveis.

 
 

Os quatro modos de condução no híbrido - “E-Power”, “Hybrid Auto”, “Sport” e “Sport Plus” - são selecionados como de costume usando o interruptor no pacote Sport Chrono padrão. Os dois modos “E-Hold” e “E-Charge”, ativados com o Porsche Communication Management (PCM), também estão disponíveis. Para melhorar a experiência de direção elétrica, os modos em que a bateria de alta tensão é carregada foram aprimorados. Os novos Panamera 4S E-Hybrid começam no modo E-Power de série. A combinação ideal de interação entre motor elétrico e o a combustão é controlada com o acelerador. O assistente híbrido acessível no lado esquerdo do display do painel de instrumentos visualiza em tempo real a relação entre o torque de acionamento usado e o torque máximo disponível. No modo “E-Power”, o motor a combustão é ativado apenas a partir de um ângulo de pedal de cerca de 60%. Se a bateria de alta tensão cair abaixo do nível mínimo de carga para o modo “E-Power”, o sistema muda imediatamente para o “Hybrid Auto”. Nos modos “Sport” e “Sport Plus”, voltados para o desempenho, o motor a combustão está sempre em operação, oferecendo características extremamente esportivas para uma direção rápida em estradas rurais e rodovias. Nesse modo, o sistema de transmissão e o chassi são alternados para a configuração “Sport”. A bateria é carregada a um nível mínimo para poder fornecer uma quantidade suficiente de impulso para o estilo de direção esportivo.

O sistema Porsche Communication Management (gerenciamento de comunicações) inclui mais funções e serviços digitais, como o controle Voice Pilot repaginado e o Risk Radar, fornecendo sinalização rodoviária atualizada e informações de possíveis riscos, o Apple CarPlay sem fio e outros serviços Connect. O Panamera oferece uma ampla seleção de sistemas de iluminação e assistência, como o Lane Keeping Assist de manutenção de faixa de rolamento, agora de série, o reconhecimento de sinalização de trânsito, o Porsche InnoDrive com o Adaptive Cruise Control (controle de velocidade adaptativo), o Night Vision Assist (assistente de visão noturna), o Lane Change Assist (assistente de mudança de faixa), faróis em matriz de leds, o Park Assist com Surround View (visão de 360 graus) e o display head-up.

Smartphones com capacidade de 5 watts podem ser carregados sem fio com a função intuitiva na bandeja do celular. É suficiente colocar o smartphone na área de carregamento dedicada para iniciar o processo. Uma outra novidade do Panamera é o serviço Radio Plus, uma combinação de rádio de internet integrado e função de aparelho híbrido. Graças à integração do rádio de internet no PCM, os motoristas agora podem acessar canais online globais de suas estações favoritas, classificadas por popularidade, país, gênero e idioma. Os “podcasts” podem ser transmitidos se utilizando o rádio da internet. Se o sinal terrestre (FM) ou o digital (DAB) de uma estação de rádio não puderem ser recebidos devido às condições climáticas, o PCM muda automaticamente para um canal da estação online relevante, sem qualquer ajuste manual devido à função “Rádio Híbrido”.

Com a ajuda do Voice Pilot, já existente em outras séries do modelo, o controle de voz do PCM foi estendido para incluir suporte online. A precisão do reconhecimento do sistema de entrada de voz natural foi melhorada no novo Panamera. A comunicação com o veículo pode ocorrer de forma livre e flexível, sem a necessidade de expressões fixas, graças à funcionalidade de compreensão de fala inteligente do Voice Pilot. O ar-condicionado do novo Panamera pode ser controlado com comandos de voz como “tenho frio” ou “tenho calor”. A conexão online do sistema sempre mantém a função de reconhecimento de voz atualizada e garante a interação da linguagem natural com o motorista. Se nenhuma conexão de dados estiver disponível, o Voice Pilot usa o controle de voz PCM (offline) como backup. 

 

Felpuda


Depois de se “leiloar” durante meses, e afirmando que estava até escolhendo o município para se candidatar a prefeito, ex-cabeça coroada não só não recebeu acenos amistosos, como também não encontrou portas abertas com tapete vermelho a esperá-lo. 

Assim, deverá pendurar as chuteiras e fazer como cardume em seu pesqueiro: nada, nada...