Clique aqui e veja as últimas notícias!

VEÍCULO PESADO

Mercedes-Benz lança no Brasil ônibus urbano O 500 R 1830 Super Padron para até 100 passageiros

A vantagem do vantagem do Super Padron 4x2 é o fato de ele ter um eixo a menos em comparação com seus concorrentes 6x2
30/03/2021 19:00 - Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix


Com a pandemia do coronavírus, o segmento de ônibus foi um dos mais afetados do mercado automotivo brasileiro. 

No auge da quarentena, o segmento urbano sofreu uma queda de 75% no número de passageiros. 

Atualmente, apenas 40% dos usuários habituais vêm utilizando o ônibus nas cidades. 

No segmento rodoviário, a queda já foi de 90% e, agora, o número de passageiros está entre 50% e 60%. 

Enquanto o Brasil espera ansiosamente que o aumento da vacinação reverta essa tendência, a Mercedes-Benz, líder do mercado brasileiro de ônibus desde 1957, busca soluções mais adequadas ao novo cenário do transporte coletivo urbano. 

Dentro dessa meta, a marca alemã acaba de apresentar o Super Padron O 500 R 1830 4x2, de dois eixos. 

O novato do segmento de ônibus urbanos da fabricante é o maior chassi da categoria 4x2 urbano no mercado brasileiro, podendo receber carrocerias de até 14 metros. 

Segundo a Mercedes-Benz, o ônibus pode transportar o mesmo número de passageiros que os modelos concorrentes 6x2 de 15 metros. 

Com 310 cavalos e PBT de 19.600 quilos, o motor posicionado na traseira resulta em mais acessibilidade do passageiro pela porta dianteira e menor tempo de embarque. 

Com esse lançamento, passamos a oferecer às empresas de ônibus e aos gestores do transporte coletivo urbano um veículo padrão 4x2 de 14 metros que pode transportar a mesma quantidade de passageiros que um modelo 6x2 de 15 metros da concorrência”, informa Walter Barbosa, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil. 

Com caixa automática com retarder integrado e auxílio de partida em rampa, o novo Super Padron O 500 R 1830 4x2 é indicado para sistemas de transporte coletivo urbano que utilizam linhas segregadas, corredores e faixas exclusivas, como, por exemplo, as capitais Belo Horizonte, Recife, Porto Alegre e Curitiba e outras grandes cidades.

A Mercedes-Benz já vinha trabalhando no desenvolvimento de um chassi de ônibus urbano que se posicionasse entre o O 500 M 4x2 para carrocerias de até 13,2 metros e o articulado O 500 MA 6x2 de 18 metros, a fim de ampliar a mais completa linha de ônibus do país.