Clique aqui e veja as últimas notícias!

LANÇAMENTO

Nova geração do Peugeot 308 rompe com o estilo “comportado” de sua antecessora

Há possibilidade do hatch médio desembarcar no Brasil a partir de 2022
29/03/2021 17:00 - Daniel Dias/AutoMotrix


A Peugeot acaba de revelar na França a nova geração do 308 completamente reestilizada. 

A chegada ao mercado europeu acontecerá no segundo semestre deste ano e há possibilidade do hatch médio desembarcar no Brasil a partir de 2022. 

O visual externo é uma das principais novidades e rompe com o estilo “comportado” da geração anterior, além de aprimorar a eficácia aerodinâmica. 

Estilisticamente, chama a atenção pela proximidade do design com as mais recentes criações da marca francesa, especialmente com o 508. 

Mas o novo 308 consegue ostentar uma identidade própria destacada pelas formas modernas, que lhe conferem um porte elegante e dinâmico, com instigantes toques de esportividade. 

Na gama de motorizações, o destaque são as duas novas opções híbridas plug-in (as baterias do motor elétrico podem ser carregadas em tomadas). 

O 308 Hybrid 225 conjuga o motor 1.6 PureTech de 180 cavalos e 26 kgfm de torque com um elétrico de 110 cavalos e 33 kgfm, para um rendimento combinado de 225 cavalos e 37 kgfm, com a bateria de íons de lítio com 12,4 kWh de capacidade garantindo uma autonomia de 59 quilômetros em modo totalmente elétrico. 

O motor a combustão trabalha com a transmissão automática de 8 velocidades. 

No caso do 308 Hybrid 180, a principal diferença está na potência do motor a gasolina, com 150 cavalos. 

O carregador de bordo de série é de 3,7 kW (7,4 kW como opcional), sendo os tempos de recarga de uma hora e cinquenta e cinco minutos em uma Wallbox, de três horas e cinquenta minutos em uma tomada de dezesseis amperes e de sete horas e cinco minutos em uma tomada convencional. 

A gama de motores do novo 308 se completa com duas opções a gasolina, com o 1.2 PureTech (turbo) de 110 cavalos e câmbio manual de 6 marchas, o 1.2 PureTech de 130 cavalos e transmissão manual de 6 velocidades ou automática de 8 marchas. 

Para o mercado europeu, há ainda uma opção a diesel, o 1.5 BlueHDi de 130 cavalos com caixa manual de 6 velocidades ou automática de 8.

O novo logotipo da Peugeot está bem chamativo nos para-lamas dianteiros e especialmente na grade frontal tipo colmeia. 

Os grupos ópticos bem afilados têm o “dente de sabre” (já visto no novo 208 vendido no Brasil) formando a iluminação diurna full-led, nos dois lados, que se prolonga pelo para-choque. 

A linha descendente do teto termina em um grande defletor, enquanto o conjunto de lanternas e faroletes traseiros, também por leds em todas as versões, exibe a nova assinatura visual da marca. 

Como o sensor do radar destinado para os avançados sistemas de assistência à condução está localizado atrás do novo logotipo da Peugeot na grade, a placa de identificação do carro foi deslocada para a extremidade inferior do para-choque dianteiro.