Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORREIO VEÍCULOS

Pequeno e invocado: Jimny Forest

A Suzuki lança no Brasil esta nova versão, com elementos visuais exclusivos e mais aptidão para o off-road
08/02/2020 14:05 - Daniel Dias/AutoMotrix


 

Com inspiração nas expedições fora-de-estrada, a Suzuki está apresentando ao Brasil a série especial Forest para o Jimny da terceira geração, que é produzido na fábrica da HPE Automotores do Brasil na cidade goiana de Catalão – a quarta geração, denominada Jimny Sierra, foi lançada no Brasil no ano passado, mas é importada do Japão. A nova versão traz elementos para se aventurar no off-road severo e se para se virar bem na “selva de pedra” das grandes cidades. Já de início, o Forest chama a atenção com sua cor única e exclusiva, o Verde Floresta, contrastando com detalhes em grafite, como no para-choque, na grade frontal, nas máscaras dos faróis e no snorkel. Para harmonizar o visual externo, as rodas de 15 polegadas são na cor Grafite Dark. O Suzuki Jimny Forest tem garantia de três anos e revisão com preço fixo, e tem preço de R$ 94.990.

A nova configuração do Jimny tem o mesmo "powertrain" das outras versões produzidas no Brasil: motor em alumínio, movido a gasolina, 1.3 litro (DOHC), com 16 válvulas, 85 cavalos de potência a 6 mil rotações por minuto e torque de 12 kgfm a 4.100 rpm, associado à transmissão manual de 5 marchas. Segundo a Suzuki, a corrente de comando, as velas de longa duração e o escapamento em aço inox garantem rendimento durante toda a vida útil do veículo. A tecnologia do comando variável de válvulas (VVT) otimiza o torque para todas as faixas de rotação e proporciona respostas rápidas nas acelerações. Em conjunto com a injeção eletrônica multiponto sequencial, o sistema oferece economia no consumo de combustível e baixa emissão de poluentes. Para encarar qualquer situação fora-de-estrada, o novo Jimny conta com uma construção de carroceria sobre chassi “heavy duty” para maior robustez e durabilidade do carro, que contempla ainda um bom desempenho off-road com apenas 1.060 quilos de peso.

 
 

Para garantir mais versatilidade no off-road, a Suzuki trabalhou no desenvolvimento do sistema de suspensão da série Forest, com uma maior altura em relação ao solo, de 26,8 centímetros. Isso gerou uma melhora nos ângulos de entrada, de saída e de rampa, para o modelo ultrapassar obstáculos ainda maiores. Na parte inferior das portas, há o novo “rock slidertubular protegendo a carroceria dos obstáculos e foi instalada uma chapa para resguardar a caixa de transferência na parte inferior e quatro protetores dos braços da suspensão. Para a comodidade do motorista, o Jimny Forest tem um amortecedor de direção, deixando a condução mais suave em terrenos muito acidentados. O bagageiro tipo cesta no teto foi desenvolvido exclusivamente para a versão, a fim de aumentar a capacidade para transportar objetos e reforçar o visual off-road.

O interior do Jimny Forest também apresenta toques de exclusividade, em especial no acabamento. As molduras das saídas do ar-condicionado e o acabamento central do painel são na cor verde, harmonizando com o padrão de estilo visto no exterior. Os bancos receberam capa em revestimento premium preto, com bolsos laterais, costura cinza e estampas com alusão às “marcas de pneu”, enquanto a inscrição “Forest” aparece bordada no encosto. O modelo traz central multimídia de 7 polegadas, com espelhamento da tela de smartphones Android e IOS, garantindo conectividade e praticidade, seja nos deslocamentos do dia a dia ou nas aventuras fora da rotina. O volante de três raios tem desenho moderno, deixando o interior bonito e atrativo, além de proporcionar boa empunhadura e um diâmetro ideal, trazendo conforto e praticidade nas manobras. O painel de instrumentos conta com elementos prateados e o cluster tem tela digital, dando mais visibilidade e fácil acesso às informações, como o relógio, o odômetro parcial A e B e o total, a temperatura do fluído de arrefecimento e o volume de combustível no tanque.

 
 

O Jimny Forest tem um sistema de tração nas quatro rodas que permite combinações de marcha: 2WD para uso urbano com tração traseira, 4WD com tração nas quatro rodas e 4WD-L que dobra o torque e permite enfrentar diversos obstáculos off-road com tração integral com reduzida. As mudanças na tração são feitas com apenas um toque no controle do painel, graças ao “drive action4x4, que contempla um sistema de roda livre pneumática com caixa de transferência sincronizada e gerenciamento eletrônico. É possível se fazer mudanças entre os modos 2WD e 4WD em velocidades de até 100 km/h. O modelo oferece airbags frontais, freios com ABS e barras de proteção lateral nas portas. O motorista dispõe de coluna de direção retrátil em caso de colisão. Os cintos são de três pontos e os encostos de cabeça ajustáveis para todos os ocupantes. Os bancos traseiros têm Isofix para cadeirinhas infantis, enquanto os freios a disco na dianteira têm as pinças em posição mais elevada, facilitando a transposição em trechos alagados, ao trazer eficiência de frenagem com o escoamento de água e evitando retenção de terra ou lama. Na traseira, o freio a tambor com válvula sensível à carga tem controle de frenagem.

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!