Clique aqui e veja as últimas notícias!

LANÇAMENTO

Pelo resgate do protagonismo, a Renault apresenta a série especial S Edition do Sandero

A série especial traz uma combinação de conforto e design esportivo para o hatch
16/11/2021 14:19 - Daniel Dias/AutoMotrix


Desde que o pequeno e espartano Kwid entrou em cena no Brasil vindo da Índia, em 2017, o Sandero perdeu a liderança entre os modelos da Renault. 

Atualmente o hatch compacto produzido na cidade paranaense de São José dos Pinhais ocupa uma discretíssima trigésima primeira posição entre os automóveis de passeio no mercado nacional, com 11.088 unidades vendidas de janeiro a outubro deste ano – quase quatro vezes a menos em comparação ao subcompacto da marca francesa. 

Para tentar retomar a visibilidade e, quem sabe, as vendas, a Renault resolveu apresentar o Sandero S Edition. 

A série especial, segundo a fabricante, traz uma combinação atraente de conforto e design esportivo para o hatch. 

A série já está nas concessionárias, com preço de R$ 76.790, e está disponível nas cores Branco Glacier, Prata Étoile, Preto Nacré, Vermelho Vivo e Cinza Cassiopée.

O Sandero tem 4,05 metros de comprimento, 1,73 metro de largura, 1,53 metro de altura, 2,59 metros de distância de entre-eixos e porta-malas de 320 litros. 

Foi desenvolvido pela Renault do Brasil tendo como base o modelo da romena Dacia, uma subsidiária da marca francesa, que produzia o carro para os mercados do leste europeu. 

O Sandero usa a plataforma M0, a mesma do Clio III europeu e do Logan. Apesar de ser um hatchback, o Sandero está posicionado em um segmento de mercado e de preço acima do Logan, do qual se deriva. 

Desenvolvido pela Renault Tecnologia Américas (RTA) e produzido no Complexo Ayrton Senna, no Paraná, o motor 1.0 SCe, de três cilindros e quatro válvulas por cilindro, traz duplo comando de válvulas variável na admissão e no escape, oferecendo 90% do torque máximo (10,5 kgfm) já a 2 mil rotações por minuto. 

A potência do propulsor aspirado é de 82 cavalos com etanol, associado ao câmbio manual de 5 marchas. 

Conforme números da fabricante, o Sandero com motor 1.0 SCe acelera de zero a 100 km/l em 13 segundos e pode chegar a 163 km/h, tudo com etanol. 

Últimas notícias