Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORREIO VEÍCULOS

Touareg R Hybrid plug-in em grande estilo

Para revigorar seu primeiro SUV, a Volkswagen apresenta o híbrido plug-in, com design “novinho em folha”
10/03/2020 13:39 - Daniel Dias/AutoMotrix


 

Com o cancelamento do Salão de Genebra 2020 – previsto inicialmente para 5 a 15 de março –, devido à ameaça do coronavírus e o primeiro caso registrado na Suíça recentemente, muitas montadoras se apressaram em adiantar suas estrelas para a mostra que já estavam prontas na boca do forno para ganhar o mundo. É o caso da Volkswagen e seu Touareg R Hybrid plug-in, o primeiro da R-Line equipado com a tecnologia que combina motores a combustão e elétrico. O utilitário esportivo tem potência somada de 462 cavalos, associado a uma bateria de íon de lítio (capacidade de 14,1 kWh) dentro do compartimento de bagagem, a um câmbio automático de 8 velocidades (com Tiptronic) e caixa de transferência e à tração integral 4Motion. Conforme a marca alemã, o Touareg R Hybrid oferece uma combinação inovadora de desempenho superlativo e eficiência elétrica. Quando a bateria está totalmente carregada, o novo SUV inicia sempre no E-Mode elétrico para zero emissões com uma velocidade de até 140 km/h. Acima disso, o propulsor a combustão V5 TSI (turbo) entra em ação.

Graças à tração nas quatro rodas e ao sistema híbrido com torque total de 71 kgfm, o Touareg R Hybrid foi projetado para um peso máximo superior de reboque de até 3,5 toneladas. Esse modelo da Volkswagen também é o primeiro SUV híbrido plug-in disponível com o Trailer Assist – um sistema de assistência para manobras automatizadas, também possível com energia puramente elétrica. A versão mais recente do Travel Assist também é um novo recurso, permitindo a condução assistida até 250 km/h. A velocidade máxima em si é menos importante porque a geração mais recente do Travel Assist reflete o padrão de desenvolvimento cada vez mais alto dos sistemas da Volkswagen no caminho da direção autônoma (IQ. Drive).

Os motoristas podem controlar intuitivamente o nível de carga da bateria usando o menu híbrido no sistema de informação e lazer. Portanto, é possível reservar níveis suficientes de energia elétrica, mesmo no final de uma longa jornada, para que destinos em áreas urbanas possam ser alcançados com zero emissões. Se o sistema de navegação estiver ativo, o gerenciador de bateria “olha” em frente e leva em consideração os dados de rota e topografia para adaptar o uso da bateria e, assim, otimizar o alcance elétrico.

As mudanças de estilo do novo Touareg R Hybrid são visíveis, deixando de lado o jeito quase rústico e conservador das primeiras versões do utilitário esportivo, que teve nome inspirado no famoso povo nômade do Deserto do Saara. As linhas são mais angulares, montadas de série sobre rodas de 20 polegadas, embora outras de 22 polegadas estejam disponíveis opcionalmente. Pela definição da Volkswagen, o Touareg R Hybrid é um “carro-conceito quase em linha de produção”. No interior luxuoso, um pacote de couro preto Puglia é exclusivo da versão e traz tubulação Sepang Blue complementada por uma delicada costura decorativa azul no painel. O Touareg R híbrido está programado para ser vendido na Europa no início do segundo semestre deste ano, sem data definida para ser exportado para o Brasil.

Surgido em 2002, o Touareg já viveu momentos de glória, rivalizando inclusive com concorrentes mais tecnológicos produzidos pelas marcas germânicas Mercedes-Benz, BMW e Audi. No entanto, o pouco investimento da própria fabricante, a “canibalização” com o Tiguan e a incorrigível fama de “beberrão” foram deixando o Touareg em segundo plano até mesmo dentro de sua casa. Agora, com o intenso investimento, a escolha do Salão de Genebra para fazer seu lançamento – uma mostra que normalmente dita as tendências para a temporada, embora tenha sido suspensa –, uma completa reestilização do design e a tecnologia híbrida plug-in, o Touareg tem chances de renascer e voltar a figurar entre os modelos referenciais dentro da Volkswagen. 

 

Felpuda


Embora embalada por vários “ex”, pré-candidatura a prefeito de esforçada figura não deslancha. É claro que ninguém ousa falar em voz alta que o apoio, em vez de alavancar os índices com o eleitorado, está é puxando para baixo. Uns dizem que o título do filme “Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado” retrata bem a situação. Outros complementam: “... na primavera, no outono, no inverno...”. Como diria vovó: “Aqui você planta, aqui você colhe!”.