Clique aqui e veja as últimas notícias!

TEST DRIVE

O hatch veterano da Volkswagen, o Gol 1.6 MSI automático é o campeão da marca

Enquanto a montadora concentra esforços nos utilitários esportivos, o Gol se mantém no “Top Five” do ranking dos carros mais vendidos
04/12/2020 14:00 - Luiz Humberto Monteiro Pereira/AutoMotrix


Para a linha 2021, o Gol trouxe mais uma reestilização do Gol G5, apresentado em 2008. E a versão 1.6 MSI com câmbio automático cumpre a função de “topo de gama” do compacto da Volkswagen.

A “novidade” do Gol 2021 foi a adição de itens de segurança que se tornaram obrigatórios no mercado brasileiro. O hatch passa a dispor de cinto de segurança de três pontos e encosto de cabeça para os cinco ocupantes e a fixação Isofix para cadeirinhas infantis.

De resto, o carro é o mesmo desde o modelo 2019, quando a dianteira foi redesenhada e “herdou” o visual do antigo Gol Track, incluindo um capô mais elevado e com vincos mais marcantes, faróis com formato maior e mais anguloso e interligado à nova grade mais ampla. O para-choque conta com auxiliares de neblina em posição elevada. Os comandos dos vidros traseiros são fixados no painel, reduzindo assim o custo de produção. Na versão automática, a assinatura “MSI Automatic” aparece próxima à lanterna direita.

O câmbio automático trabalha em conjunto com o motor 1.6 MSI com quatro cilindros e 16 válvulas. Com duplo comando de válvulas, bloco e cabeçote feitos de alumínio, o hatch atinge 110 cavalos quando abastecido com gasolina e 120 cavalos com etanol, em ambos os casos a 5.750 giros. Já o torque é de 15,8 kgfm com gasolina e de 16,8 kgfm com etanol, disponível aos 4 mil giros. As trocas sequenciais podem ser feitas na alavanca ou nas aletas atrás do volante. O sistema tem ainda o modo esportivo, que leva as trocas das marchas para rotações mais altas para conferir acelerações mais vigorosas.