Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

SAÚDE

Governo de MS prossegue com campanha de multivacinação devido ao baixo índice de cobertura vacinal

Várias cidades de Mato Grosso do Sul ainda não atingiram a meta de 95% de vacinação
19/11/2020 13:00 - Naiara Camargo


Será realizada, na próxima sexta-feira (20), uma reunião com os 40 municípios que ainda não atingiram a cobertura vacinal de 95% contra a poliomielite e outras doenças que desencadeiam em crianças e adolescentes.

O objetivo é imunizar, no mínimo, 95% do público infanto-juvenil, de acordo com as exigências do Ministério da Saúde. A imunização é de extrema importância para garantir a proteção individual e coletiva, pois evita a propagação de doenças que causam sequelas ou até mesmo levam à óbito.

Acompanhe as últimas notícias

“Nós temos apenas mais uma semana para alcançar a meta e percebemos que alguns municípios estão com dificuldades em melhorar a cobertura e atingir meta de 95%, portanto, faremos uma reunião na sexta-feira para juntos, pensarmos em novas estratégias de resgate da população faltosa”, explica Ana Paula Rezende Goldfinger, gerente técnica de Imunização da SES. 

De acordo com o mapa de cobertura vacinal do Datasus/SIPNI, Campo Grande, Santa Rita do Pardo e Dourados são as piores cidades em índice vacinal, pois estão abaixo de 50%. 

Água Clara, Rio Brilhante, Miranda, Anastácio, Coxim, Jardim, Ribas do Rio Pardo e Bodoquena estão entre 50% e 59%. Já Maracaju, Bela Vista, Três Lagoas e Jaraguari estão entre 60 e 69%.

Entre 70 a 79% estão Sonora, Caarapó, Mundo Novo, Terenos, Nioaque, Paranhos, Pedro Gomes, Sidrolândia, Naviraí, Nova Alvorada do Sul e Amambaí. 

Já Coronel Sapucaia, Ponta Porã, Aral Moreira, Ladário, Camapuã, Bonito, Nova Andradina, Guia Lopes da Laguna, Bataiporã, Itaporã, Alcinópolis, Iguatemi e Corguinho estão em Entre 80 a 89%. Juti está prestes a alcançar a meta, com 90,4%.

Houve 39 cidades que conseguiram atingir a cobertura vacinal. São elas: Taquarussu, Aquidauana, , Douradina, Tacuru, São Gabriel do Oeste, Bataguassu, Figueirão, Paranaíba, Rochedo, Vicentina, Antônio João, Costa Rica, Itaquiraí, Aparecida do Taboado, Rio Negro, Brasilândia, Corumbá, Rio Verde de Mato Grosso e Sete Quedas.

Japorã, Porto Murtinho, Caracol, Cassilândia, Dois Irmãos do Buriti, Angélica, Chapadão do Sul, Inocência, Anaurilândia, Laguna Carapã, Ivinhema, Bandeirantes, Deodápolis, Jateí, Novo Horizonte do Sul, Glória de Dourados, Eldorado, Fátima do Sul, Selvíria e Paraíso das Águas também conseguiram alcançar a meta de 95%.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) ressalta que é fundamental que haja vacinação de um grande número populacional para garantir o controle e eliminação de doenças imunopreveníveis, como da rubéola, da síndrome rubéola congênita e da pólio. 

 
 

Felpuda


Figurinha cuja eleição estava sub judice trabalha intensamente para ter a votação legalizada. Isso acontecendo, garante uma das cadeiras de vereador. Assim, quem hoje foi proclamado eleito vai para a fila da suplência.

Caso isso ocorra, a figurinha que corre o risco não deverá ficar desamparada, pois deixou secretaria municipal para disputar as eleições e poderá ter a cadeira de volta em 2021. Agora, resta esperar para ver onde vai parar.