Clique aqui e acompanhe o resultado das Eleições 2020

ECONOMIA

Hopi Hari pede recuperação judicial; dívida chega a R$ 300 milhões

Hopi Hari pede recuperação judicial; dívida chega a R$ 300 milhões
24/08/2016 18:52 - EXAME


O parque de diversões Hopi Hari entrou nesta tarde com pedido de recuperação judicial no foro de Vinhedo, município no interior do Estado de São Paulo. O pedido foi feito pelo escritório Ferro, Castro Neves, Daltro & Gomide Advogados.

O Hopi Hari alega dificuldade de acesso a linhas de crédito, por conta da crise política, econômica e financeira que atinge o país nos últimos dois anos. As dívidas do parque são de cerca de 300 milhões de reais. O Hopi Hari afirma também que sua situação financeira se agravou desde dezembro de 2012, quando houve um acidente com vítima fatal em um de seus brinquedos. A partir dali, houve drástica redução no número de visitantes do parque, comprometendo seus resultados.

Durante o mês de agosto, o parque esteve fechado, mas o site informa previsão de reabertura em 7 de setembro. Nos últimos meses, o Hopi Hari vinha enfrentando pedidos de falência, greves de funcionários que alegaram salários atrasados e até teve uma montanha russa retirada de seu terreno por um dos credores. O Hopi Hari iniciou suas atividades em 1999 e hoje é comandado pelo empresário Luciano Correa. Procurado, o Hopi Hari não comentou.

Felpuda


A futura composição  dos 29 vereadores  em Campo Grande poderá ser diferente  da que foi oficializada, segundo o que  se tem ouvido,  com certa frequência, nas rodinhas de conversas dos meios políticos.  

Nova distribuição  das cadeiras poderá ocorrer e, assim, quem está prestes a entrar com pompa e circunstância poderá nem passar pela porta de entrada  e tomar posse de cadeira  para chamar de sua.  

O caldeirão está fervendo.