Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CORONAVÍRUS

Máquina com capacidade de análise de testes 3 vezes maior chega ao Estado

O aparelho automatizado extrai 96 amostras em 2 horas de trabalho, atualmente neste mesmo intervalo de tempo é extraído somente 26
22/08/2020 08:31 - Gabrielle Tavares


Chegou aMato Grosso do Sul uma nova máquina que vai permitir maior agilidade nas análises dos testes para a Covid-19. Ela tem capacidade três vezes maior que o aparelho que faz esse serviço atualmente.

Cedida pelo Ministério da Saúde, o equipamento ficará no Lacen-MS. A previsão é que comece a funcionar em duas semanas, já que é necessária aquisição de produtos para extração.

“Ainda faltam os kits de extração cuja compra está tramitando, a equipe de engenharia está instalando o equipamento e outra equipe em breve dará um treinamento aos colaboradores para utilização”, afirmou o diretor do Lacen/MS, Luiz Henrique Ferraz Demarchi.

Expectativa é evitar os chamados testes represados, quando ficam muitas amostras para análise e os resultados demoram para sair e constar no boletim.

“Essa máquina, que é automatizada, extrai 96 amostras em 2 horas de trabalho, enquanto hoje, nossa capacidade é de extrair 24 amostras no mesmo intervalo de tempo”, explica Demarchi.

Com o aparelho em funcionamento não será mais necessário levar amostras para o Rio de Janeiro duas vezes por semana com avião do governo, como vêm acontecendo.

“Quanto antes o paciente tiver o resultado mais rápido, as medidas de tratamento e de contenção na propagação do vírus são eficientes”, ressaltou o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende.

 
 

Felpuda


Casal de políticos muito conhecido a-do-ra cargos públicos, e, assim, “um puxa o outro” na maratona política, que inclui disputa de mandatos, direção de órgãos e até mesmo nomeações com prerrogativa de não ter de bater ponto. A nova empreitada agora é conquistar uma das prefeituras do interior. Em caso de derrota, é quase certo que os nomes de ambos deverão aparecer no Diário Oficial antes mesmo do fim deste ano.