Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TRANSPORTE PÚBLICO

Prefeitura estende horário das linhas de ônibus na madrugada

“Corujões” visam atender comerciantes, trabalhadores e demais usuários do transporte coletivo, após 0h
14/03/2020 10:17 - Camila Andrade Zanin


 

A prefeitura de Campo Grande estendeu os horários das linhas de ônibus que circulam no período da madrugada. A decisão foi tomada após reuniões com empresários das redes de hotelarias, entretenimento e alimentação da área central da Capital. 

Com o novo horário, os ônibus passam a sair da Praça Ary Coelho à 1h, sendo a última volta às 3h20min. Isso permite que a rede de entretenimento e alimentação fiquem abertos até mais tarde, e que os trabalhadores não sofram prejuízo no horário de entrada e saída dos turnos de trabalho.

Os empresários explicam que o antigo horário causava inúmeros empecilhos aos seus estabelecimentos., com a dificuldade no transporte atrapalhando os horários da saída e entrada pelo turno da noite e da manhã de seus funcionários. As alterações no itinerário priorizaram uma maior cobertura nas principais vias da área central.

Confira os itinerários das linhas que fazem o Corujão:

A linha 232 – Mata do Jacinto (Noturna) passa pelas seguintes vias:

Sentido Bairro/Centro: Av. Capital; Av. Ceará; Av. Mato Grosso; Rua 25 de Dezembro; Av. Afonso Pena e Praça Ary Coelho;

Sentido Centro/Bairro: Av. Afonso Pena; Rua Rui Barbosa; Rua Antônio Maria Coelho; Av. Coronel Antonino e segue para os bairros.

A linha 525 – Itamaracá/Centro (Noturna) passa pelas seguintes vias:

Sentido Bairro/Centro: Av. Três Barras; Av. Eduardo Elias Zahran; Rua Joaquim Murtinho; Av. Ceará; Av. Afonso Pena; Av. Professor Luiz Alexandre de Oliveira (Via Park); Av. Mato Grosso; Novo Hotel; Av. Mato Grosso; Av. Professor Luiz Alexandre de Oliveira (Via Park); Av. Afonso Pena; Praça Ary Coelho;

Sentido Centro/Bairro: Praça Ary Coelho; Av. Afonso Pena; Rua Rui Barbosa; Rua Maracaju; Av. Calógeras; Rua 26 de Agosto; Rua 13 de Maio; Rua Jornalista Belizário Lima; Rua Pedro Celestino e segue para os bairros.

 

Felpuda


Lideranças de alguns partidos estão fazendo esforço da-que-les para fechar chapa com o número exigido por lei de 30% do total de vagas para as mulheres. Uma dessas legendas, por exemplo, tenta mostrar a “felicidade” das suas pré-candidatas, mas teme o fracasso, tendo em vista que o “chefe maior” é aquele que já mandou mulheres calarem a boca e disse também que a importância da sua então esposa na campanha eleitoral era porque apenas “dormia com ele”. Ô louco!