Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

CAMPO GRANDE

Prefeitura fecha este mês polo da Covid-19 instalado no Parque Ayrton Senna

No fim do mês, as unidades de saúde vão absorver a demanda para coleta do swab [RT-PCR]
17/09/2020 17:27 - Daiany Albuquerque, Rodrigo Almeida


A Prefeitura de Campo Grande confirmou o fechamento do polo de combate à Covid-19 localizado no Parque Ayrton Senna no dia 30 de setembro. O prazo extraordinário, que foi definido pelo governo federal, chega ao fim.  

De acordo com a coordenadora do polo, Ionise Piazzi, o local está dentro da portaria do Ministério da Saúde que instituiu os polos em maio. 

Ela frisa que, por causa do estado de emergência, ele teria hora para acabar: “Em setembro. A partir de agora, as unidades de saúde vão absorver essa demanda, vão fazer coleta do swab [RT-PCR]”.

Com isso, a criação de centros de atendimentos centralizados para casos suspeitos se tornou estratégia determinante no combate à doença. O polo no Parque Ayrton Senna já chegou a fazer 800 testes diários, atualmente, o número é bem menor. 

“Caiu 70% o atendimento aqui, hoje temos em torno de 100 atendimentos. Aqui sempre foi uma medida provisória, não é uma ação eterna, até porque é dentro de um parque, sendo que nós temos unidades preparadas para receber essa nova demanda”, explica.

A declaração vai ao encontro de uma estratégia já colocada em prática pela Secretaria do Municipal de Saúde (Sesau). 

Segundo a coordenadora, desde julho o Polo Ayrton Senna não faz os testes rápidos, que foram todos destinados para as 76 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Campo Grande.

“Desde agosto já estamos trabalhando com a comunidade a importância de estarem inseridos nessas unidades e de procurarem atendimento nelas”, disse Piazzi.

Todos os funcionários do polo já pertenciam ao quadro da secretaria. Além disso, acadêmicos também foram deslocados para o local, em vez de cumprirem a residência em postos de saúde.  

De acordo com a coordenadora, até agora foram mais de 40 mil pessoas atendidas no Ayrton Senna, entre todos os procedimentos, teste rápido, RT-PCR e médico.

 
 

Felpuda


Candidato a vereador caiu em desgraça, pelo menos em um dos bairros de Campo Grande, ao promover comício em ginásio de esporte, com direito a ônibus lotados e espoucar de muitos fogos de artifício.

Aí dito-cujo foi alvo de muitas críticas, tanto pela zoeira causada, como por ter mandado às favas quaisquer cuidados na prevenção da Covid-19, ao promover grande aglomeração. Irresponsabilidade é pouco, hein?!