Cidades

Cidades

Touareg passa por pequenas mudanças

Touareg passa por pequenas mudanças

Redação

19/02/2010 - 10h23
Continue lendo...

A Volkswagen parece não querer arriscar. E, de forma discreta, tal como modificou as linhas do novo Touareg. A segunda geração do utilitário-esportivo médiogrande foi apresentada em Mu n ique, n a A lema n h a. Alheia ao frisson do Salão de Genebra, a marca germânica mostrou o modelo por conta própria. Ele aparece com nova estrutura e design – com ganho de 4 cm de entre- eixos e outros 4 cm em comprimento, que somam agora 2,90 metros e 4,75 m, respectivamente. Após sete anos de espera, aparece a evolução do Touareg – que tem plataforma compartilhada com modelos como o Porsche Cayenne e o Audi Q7. De início, as mudanças visuais são bastante tímidas. Mesmo assim, a Volkswagen segue a tendência de estilo já estabelecida no novo Polo. A parte dianteira chega um pouco mais agressiva, com dois vincos bem marcados nas extremidades do capô, que vão ao encontro dos faróis. O conjunto ótico aparece levemente anguloso e com máscara negra – além de lâmpadas led, como nos novos Audi –, que se confundem com grade dianteira, com três filetes horizontais cromados. O parachoque bojudo ostenta grandes entradas de ar, divididas em três seções. Os faróis de neblina complementam o visual da dianteira. A caixa de roda – bem mais musculosa nesta geração – marca as laterais, enquanto na coluna traseira o destaque fica por conta de um culote na altura da janela. Na parte traseira, as grandes lanternas horizontalizadas permanecem, mas estão menores e em forma de asa. Na traseira, a tampa do porta-malas sofreu cortes mais definidos e com um vinco bem marcado ao centro. As saídas de escape triangulares ganharam contornos arredondados. A segunda geração do Touareg estreia uma configuração híbrida, que carrega um propulsor 3.3 V6, que alcança 333 cv, além de um elétrico – que chega à velocidade de 48 km/h –, capaz de gerar 47 cv de potência. Na dianteira, aparecem mais as novidades. O conjunto ótico é levemente inclinado para cima e com máscara negra que se confunde com grade com três filetes horizontais cromados. O parachoque está mais bojudo e ostenta grandes entradas de ar, divididas em três seções. Faróis de neblina complementam o visual. Por dentro, bancos de couro com massageador e detalhes de madeira para agradar ao mais exigente dos motoristas Juntos, as unidades de força geram 380 cv e 59,3 kgfm de torque. A fabricante promete emissões de 193 g/km de CO2 e consumo de 12,1 km/l. O utilitário ainda dispõe de uma opção 3.0 litros V6 TDI turbodiesel, que produz 240 cv, e uma segunda 4.2 litros V8 TDI turbodiesel de 340 cv. Associado aos motores, a Volks estreia uma transmissão automática de oito velocidades, já conhecida e utilizada em modelos da Porsche e da Audi. Entre os itens de conforto e entretenimento estão o sistema Start-Stop e monitor touchscreen com sistema de navegação. De acordo com a versão escolhida pelo consumidor, a Touareg ainda pode oferecer o sistema “High Beam Assist”, que troca automaticamente os faróis altos para baixos quando identifica um carro na direção contrária. O SUV também recebeu sensor de ponto cego, suspensão a ar adaptativa e bancos com massageadores. A inda na parte interna, o novo acabamento mistura couro, madeira e alumínio, sugerindo um ambiente de luxo. A Volkswagen pretende iniciar a produção em julho e comercializar o modelo a partir de agosto na Europa. Para o Brasil, a expectativa é que o Touareg chegue até o início de 2011. Por aqui, os concorrentes são automaticamente outros utilitários médio-grandes parrudos, como o Toyota Land Cruiser Prado, o Mitsubishi Pajero Full e o Land Rover Discovery.

DOENÇA NEWCASTLE

MAPA suspende exportações de frango após registro de doença no Rio Grande do Sul

Apesar de temporária, suspensão atinge mais de 44 países que não poderão importar produtos brasileiros de origem aviária

19/07/2024 18h00

Continue Lendo...

O MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) suspendeu as exportações de frango nesta sexta-feira (19), após confirmação de um foco da doença de Newcastle (DNC) em estabelecimento de produção avícola em Anta Gorda, município do Rio Grande do Sul nesta semana.

Segundo o governo, 44 países que possuem acordo com o Brasil, na compra de carnes de aves e seus produtos, estão estão fora do hub de exportações temporariamente.

Desta forma, as suspensões estão relacionadas a área ou região com impedimento de certificação, que varia desde a suspensão por pelo menos 21 dias para todo território nacional ou até mesmo a restrição circunscrita a um raio de 50Km do foco identificado.

“Para o Mato Grosso do Sul, a suspensão afetaria somente as exportações para a Argentina e para países da União Europeia, mas adicionalmente, na tarde de hoje, foi comunicada uma suspensão cautelar com previsão de 30 dias para o mercado chinês, que é de grande importância, pois representa 21% do total de exportações de aves do Estado”, comentou o secretário Jaime Verruck, da Semadesc (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação).

Em 2023, Mato Grosso do Sul exportou 19 mil toneladas de carne de frango para a União Europeia (incluindo o Reino Unido) em 2023, volume que gerou receita de U$ 51.567.993,00. Em 2024, as exportações do produto para o bloco já somam 9,15 mil toneladas e totalizam U$ 22.659.219,00.

Já para a China, em 2023 as exportações de frango somaram 29,5 mil toneladas, representando 21,12% do total do setor, totalizando uma receita de U$ 75.666.669,00.

Já de janeiro a junho de 2024 as vendas externas de carne de aves para o país asiático já chegam a 13,6 mil toneladas e U$ 28.720.092,00 de faturamento.

Quanto à exportação de ovos, que também está suspensa, Mato Grosso do Sul não comercializa esse produto com nenhum dos países que tiveram as transações suspensas.

Rio Grande do Sul

Para países como República Popular da China, Argentina, Peru e México a suspensão vale para todo Brasil, por enquanto. Neste caso, os produtos com restrições são carnes de aves, carnes frescas de aves e seus derivados, ovos, carne para alimentação animal, matéria-prima de aves para fins opterápicos, preparados de carne e produtos não tratados derivados de sangue.

No Estado gaúcho, as resttrições para exportações seguem para 30 países:

  • África do Sul;
  • Albânia; 
  • Arábia Saudita; 
  • Bolívia; 
  • Cazaquistão; 
  • Chile; 
  • Cuba; 
  • Egito; 
  • Filipinas; 
  • Geórgia; 
  • Hong Kong; 
  • Índia; 
  • Jordânia; 
  • Kosovo; 
  • Macedônia; 
  • Mianmar; 
  • Montenegro; 
  • Paraguai; 
  • Polinésia Francesa;
  • Reino Unido; 
  • República Dominicana; 
  • Sri Lanka; 
  • Tailândia; 
  • Taiwan; 
  • Ucrânia; 
  • União Europeia; 
  • União Econômica Euroasiática; 
  • Uruguai;
  • Vanuatu e Vietnã. 

Exportações 

O Estado é o terceiro maior exportador de carne de frango do Brasil, ficando atrás do Paraná e de Santa Catarina.  

Nos primeiros seis meses do ano, o estado exportou 354 mil toneladas, gerando uma receita de US$ 630 milhões. Essas exportações representaram 13,82% dos US$ 4,55 bilhões gerados pelo país e 14,1% das 2,52 milhões de toneladas exportadas pelo Brasil no mesmo período.  

No primeiro semestre, os principais destinos da carne de frango gaúcha foram os Emirados Árabes Unidos (48 mil toneladas – US$ 94 milhões), Arábia Saudita (39 mil toneladas – US$ 77 milhões), China (32 mil toneladas – US$ 52 milhões) e Japão (20 mil toneladas – US$ 43 milhões). 

*Com informações da assessoria 

Assine o Correio do Estado 

Oportunidade

HRMS abre processo seletivo para contratação de 20 enfermeiros; veja como se inscrever

O período de inscrição ocorre entre 19 a 22 de julho, o contrato inicial equivale a um ano podendo ser prorrogado

19/07/2024 17h20

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeiros

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeiros Gerson Oliveira / Correio do Estado

Continue Lendo...

"Mais 20 postos para preenchimento de vagas na enfermagem por meio de Processo Seletivo Simplificado foram abertos para atuação no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul (HRMS). Conforme o edital, a duração do contrato é de 1 (um) ano.

"O período de contratação será de até 1 (um) ano, podendo ser renovado ou rescindido a qualquer tempo, na forma da Lei Estadual n. 4.135 de 15 de dezembro de 2011, e suas alterações, de acordo com as necessidades da Fundação Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul e as razões contidas neste Edital".

A publicação do processo seletivo simplificado, foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), o reforço irá complementar no efetivo do processo lançado em março deste ano em que preencheram 40 vagas.

Com o novo número de contigente a Fundação Serviços de Saúde de Mato Grosso do Sul (Funsau), ampliou o número de enfermeiros para 142 profissionais para atuarem no HRMS

O processo seletivo irá seguir o critério de cotas sendo 4 vagas para candidatos negros, e 1 para indígenas e pessoas com deficiência.

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeirosDivulgação Processo Seletivo

Para concorrer ao processo seletivo o cantidato deve realizar o pré-cadastro por meio do link (http://www.portaldoservidor/). O período para a inscrição será entre o dia 19 a 22 de julho.

Saiba como se inscrever

No portal do Servidor basta clicar no ícone “Pré-Cadastro Admissão”

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeirosPortal do Servidor

Na página seguinte clique em "esqueci minha senha/ Primeiro Acesso":

Com o reforço no quadro de profissionais o número de enfermeiros autando no Hospital Regional será de 142 enfermeirosPortal do Servidor

Na próxima página siga os passos:

  • Selecione o Processo Seletivo Simplificado (FUNSAU/ENF/2024);
  • Preencha o número da inscrição (conforme o edital);
  • Insira o número de CPF;
  • Coloque o endereço de e-mail cadastrado no ato da inscrição;
  • Confirme as informações.

Após preencher todos os dados o candidato deve confirmar no e-mail cadastrado, e acessar novamente o Portal do Servidor, preencher os dados de acesso para inserir a documentação necessária.

  • Carteira de Identidade (RG, emitido por órgãos de Identificação dos Estados, do Distrito Federal ou dos Territórios);
  • Certidão Quitação Eleitoral, expedida pelo Tribunal Superior Eleitoral, podendo ser obtida via internet, por meio do endereço (https://www.tse.jus.br/eleitor/certidoes/certidao-de-quitacaoeleitoral);
  • Certidão de Casamento ou escritura pública de união estável;
  • Certidões de Nascimento dos filhos não emancipados, de qualquer condição, menores de 21 (vinte e um) anos ou inválidos ou que tenham deficiência intelectual, mental ou grave;
  • Certidões de Nascimento dos filhos maiores de 21 (vinte e um) anos e menores de 24 (vinte e quatro) anos, desde que estejam cursando estabelecimento de ensino superior ou escola técnica de segundo grau;
  • comprovante ou declaração de residência (conta de água, luz ou telefone fixo ou a via original da declaração de próprio punho do candidato);
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (Foto e Qualificação Civil);
  • Comprovante de Qualificação Cadastral no eSocial, podendo ser obtido via internet, por meio do endereço (http://consultacadastral.inss.gov.br/Esocial/pages/index.xhtml);
  • Comprovante de quitação com as obrigações militares, quando couber;

Veja a documentação completa no Edital clicando aqui

Assine o Correio do Estado

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).