Cidades

Cidades

Vendas de pescado devem crescer 10%

Vendas de pescado devem crescer 10%

Redação

10/03/2010 - 10h05
Continue lendo...

Os supermercados e peixarias de Campo Grande esperam acréscimo de 10% nas vendas de bacalhau e peixes de água doce neste mês, em relação ao mesmo período do ano passado, por conta das festividades da Semana Santa. Empresas, inclusive, iniciaram as compras em fevereiro para garantir estoques suficientes para a Páscoa. Segundo a Associação Sul- Mato-Grossense de Supermercados (Amas) a tradição de consumir peixe na Quaresma todos os anos já começou a movimentar as vendas do produto – que não é tão procurado durante o restante do ano, quando a maioria das pessoas prefere a carne bovina. E em 2010 há uma novidade: o bacalhau, o mais vendido no período, nesta Páscoa não vai estar tão “salgado” para o consumidor. “Neste ano ele está com os mesmos preços do ano passado”, afirma o vice-presidente da entidade, Adeilton Feliciano do Prado. A explicação para os preços congelados, de acordo com Prado, está na estabilidade do mercado. O dólar em baixa também tem favorecido as importações do produto e de outros como o salmão, vinhos e azeites. Alguns, inclusive, estão com custos reduzidos por conta disso. Já os peixes nacionais, principalmente os de Mato Grosso do Sul, como o pintado, estão com valores até 20% maiores. Isso porque o município de Dourados, maior produtor da espécie no Estado, ampliou as exportações, reduzindo o montante do produto disponível no mercado local. “A maior exportação com a grande procura da época faz entrar em ação a lei da oferta e demanda. Com menos peixe disponível os preços ficam maiores”, explica o vice-presidente. Empresas A rede Comper de Supermercados está com expectativa de vendas dentro do estimado pela associação, de 10%, porém, o otimismo do período fez a empresa antecipar a compra dos produtos como peixes, vinhos e azeites. “Estamos com os estoques maiores desde o dia 25 de fevereiro. Compramos peixes frescos aqui do Estado e os de água salgada das importadoras de São Paulo e Santa Catarina”, conta o gerente regional, Rodrigo Costa. Já a peixaria do Mercadão Municipal, uma das mais procuradas nesta época pelos consumidores, espera acréscimo mais volumoso, em torno de 20%, e já registra vendas mais aquecidas por conta da Quaresma. “O pintado, pacu e pintado do pará são os mais procurados”, conta o gerente Cleuber Linhares, dizendo que a comercialização deve ser mais intensa nas duas semanas anteriores à Páscoa

Mercado online

Polícia acaba com esquema que desviava mercadorias compradas on-line

O esquema contava com participação de funcionários que desviavam compras feitas online; apenas uma funcionária furtou um total de R$ 10 mil no último mês

15/07/2024 17h20

Continue Lendo...

Funcionários de uma transportadora de entrega de produtos adquiridos pela internet, foram presos pelo desvio de mercadorias. Somente em junho "a mão leve" levou o equivalente a R$ 10 mil. 

A atividade do grupo foi encerrada na manhã desta segunda-feira (15), quando agentes da 2º Delegacia de Polícia prendeu o grupo de funcionários que agiam tanto em Campo Grande quanto no interior do Estado.

O levantamento das investigações indicou que os funcionários usavam o sistema da transportadora e davam baixa (marcando como se a mercadoria fosse entregue) nos produtos que terminavam desviando. O grupo tinha preferência pelas seguintes mercadorias:

  • Joias
  • Celulares
  • Roupas
  • Perfumaria
  • Itens alimentícios, entre outros.

Além disso, o foco dos criminosos estavam em produtos destinados a outros estados e por alguma inconsistência do sistema terminavam no depósito da empresa na Capital. Como ficavam meses sem destino o grupo acabava ludibriando o sistema e ficando com a encomenda. 

Conforme divulgado pela Policia Civil, uma das funcionárias que participava do esquema confessou que desviou aparelhos celulares e joias revendidas de joalherias de marcas conhecidas que por fim terminaram sendo derretidas.

Apenas essa funcionária desviou um total de R$ 10 mil reais em furtos referentes ao mês de junho. No sistema ela ainda repassava os valores das notas fiscais por metade do preço. 

Os agentes seguem com a investigação para recuperar os objetos furtados. Como não houve flagrante da ação criminosa alguns dos envolvidos seguem soltos para responder ao processo em liberdade.

Com relação a transportadora os suspeitos tiveram o  contrato de trabalho rescindido.

Assine o Correio do Estado

 

Estelionato

Mulher alega dívida em jogo do Tigrinho, pede cartão a idoso e saca R$ 100 mil

Ao relatar aos policiais, o idoso disse que a mulher pediu ajuda porque precisava sacar dinheiro do jogo, afirmando que estava sem o aplicativo do banco

15/07/2024 17h00

Imagem ilustração

Imagem ilustração Reprodução/

Continue Lendo...

Um idoso de 66 anos procurou a polícia nesta segunda-feira (15) após ser vítima de estelionato em Campo Grande. De acordo com a polícia, a vítima estaria devendo quase R$ 100 mil em empréstimos bancários feitos por outra pessoa, que foram utilizados para jogos de cassino online sem sua permissão.

Conforme informações do boletim de ocorrência, o idoso relatou que a vizinha de 27 anos pediu o cartão emprestado, alegando estar com problemas no aplicativo bancário e precisando sacar dinheiro que havia ganhado no jogo do Tigrinho, conhecido popularmente como jogo de cassino online. 

Como a jovem morava no local há três anos, o idoso disse à polícia que confiou nela e resolveu emprestar seu cartão bancário. Em depoimento, o idoso afirmou que descobriu o estelionato depois que sua filha verificou o extrato bancário e encontrou um saque de R$ 7 mil.

Em depoimento à polícia, a filha do idoso disse que foi até a residência da mulher para tirar satisfações sobre o saque, mas foi surpreendida ao descobrir que a suspeita não estava mais morando no local.

Preocupados com o alto valor sacado, o idoso e sua filha foram até a Polícia Civil registrar a ocorrência por estelionato contra idoso. De acordo com a polícia, há câmeras de segurança em locais onde a mulher teria sacado o dinheiro, o que pode ajudar na identificação da suspeita.

 

Assine o Correio do Estado 

 

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).