Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COLUNA PERFIL

A caixa de vilanias de Guilhermina Guinle

A atriz se surpreende com as maldades da corrupta Dominique de “Salve-se Quem Puder”
02/03/2020 08:30 - Caroline Borges/TV Press


 

Ao se deparar com os primeiros detalhes da vilã Dominique de “Salve-se Quem Puder”, Guilhermina Guinle acreditava que dominava todas as informações sobre a perversa personagem. No entanto, bastou encarar os primeiros dias de gravações para suas certezas serem derrubadas. Logo nas cenas iniciais, a atriz precisou lidar com uma cena de assassinato. Na sequência, a vilã mata, a sangue-frio, o Juiz Vitório, papel de Ailton Graça, conhecido pelo trabalho de combate à corrupção. “Fazer vilã é muito divertido porque você fala e faz coisas que jamais faria na vida real. A Dominique é alguém bem distante de mim e isso é um ótimo exercício como atriz. No começo, o Daniel (Ortiz) havia me falado que a Dominique faria qualquer negócio, até matar. Mas não acreditei que era tanto, achei que era só um jeito de falar. Porém, quando chegou o capítulo três ou quatro, a Dominique matava realmente”, lembra a atriz, que já havia feito cenas com armas antes. “Não estava programado para ser um tiro. Já fiz cenas assim no cinema, mas em novelas não lembro. Fiz aulas para aprender a segurar uma arma antes”, completa. 

Na história de Ortiz, Dominique é uma advogada rica e bem-sucedida. No entanto, sua fortuna é, na verdade, fruto de negócios ilícitos. A vilã integra uma organização criminosa que protege os interesses de empresários e políticos corruptos. Um dos seus principais objetivos é tornar o sobrinho Renzo, de Rafael Cardoso, seu sucessor nos negócios. “O Renzo é um bom menino e tem uma boa índole, mas ela quer levá-lo para o mau caminho. A Dominique acaba convencendo o sobrinho, mas, na verdade, ele tem as razões dele para entrar nesse mundo. Vai acabar se arrependendo”, adianta.

Para viver uma advogada no vídeo, Guilhermina recorreu a um auxilio dentro de casa. Casada com o advogado Leonardo Antonelli, irmão da atriz Giovanna Antonelli, ela precisou de ajuda para desbravar o típico jargão da profissão em seu texto. “Quando você sabe que vai fazer uma advogada ou médica, já sabe que está ferrado (risos). É um português muito certo e específico para decorar. Tem muito detalhe de CPI ou de político corrupto. A gente fica tensa para decorar e passar a informação correta”, explica.

A trama de “Salve-se Quem Puder” marca o retorno de Guilhermina ao vídeo após um período dedicado à maternidade. Depois de emendar os trabalhos de “Verdades Secretas” e “Êta Mundo Bom!”, Guilhermina concentrou seu tempo na pequena Minna, de seis anos. “Foi maravilhoso trabalhar em sequência. Adoro trabalhar, mas queria muito curtir esse momento de ser mãe. Minha filha estava com 3, 4 anos e é uma fase que não volta nunca mais. Depois, eles crescem e vão embora (risos). Queria muito curtir e foi delicioso. Não posso reclamar”, valoriza. 

Salve-se Quem Puder” - Globo - de segunda a sábado, às 18h20.

Sequência à vista

O enredo de “Salve-se Quem Puder” ainda está no começo. Porém, Guilhermina já tem consciência de sua agenda de trabalho para depois da novela das sete. A atriz foi convidada por Walcyr Carrasco para participar da sequência de “Verdades Secretas”, em que viveu a elegante Pia. A continuação da trama tem estreia prevista para 2021 e será lançada no Globoplay. “Achei muito interessante essa ideia de dar uma sequência ao enredo inicial. Acho que isso nunca foi feito no Brasil. Foi um dos trabalhos que mais gostei de fazer. A gente realmente fazia cinema dentro da tevê”, lembra.

Na história, Pia era ex-esposa do protagonista Alex, de papel de Rodrigo Lombardi. No último capítulo, o empresário acabou assassinado por Angel, interpretada por Camila Queiroz. Guilhermina pretende rever a novela, que atualmente está disponível no Globoplay, para relembrar a personagem. “Apesar de revistar a personagem, sei que as pessoas mudam com o tempo. Muita coisa pode ter acontecido na vida da Pia. Pode ser um papel totalmente novo e diferente. Não sei se casou ou não, se está com depressão, feliz... A vida segue, não é?”, questiona.

Instantâneas

# Assim como parte do elenco, Guilhermina esteve em Cancún, no México, para gravar suas primeiras cenas. “Gravei dois dias, mas fiquei oito por conta própria. Levei minha filha e fui conhecer Tulum. Foi uma delícia”, afirma.

# A atriz é neta de Octávio Guinle, fundador do luxuoso hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro.

# Guilhermina já havia trabalhado com Daniel Ortiz no “remake” de “Guerra dos Sexos”, em que o autor trabalhou como colaborador.

# Reservada nas redes sociais, Guilhermina gosta de seguir perfis no Instagram sobre arquitetura, artes e alimentação saudável.

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.