Correio B

MÚSICA

Festival de rock terá 5 bandas que tocam vários estilos, como indie, grunge e rock clássico

Pedrada Sunset Rock Festival agenda para o dia 13 de julho, Dia Mundial do Rock, celebração com 5 bandas que passeiam por vários estilos; grupo paulista cover do Oasis está no line-up

Continue lendo...

Com canções atemporais e uma presença planetária que vai bem além da função de trilha sonora, o rock ‘n’ roll é mais que um gênero musical. Desde os anos 1960, ou talvez desde os anos 1950, como defendem alguns especialistas, o rock embala também todo um estilo de vida, que é celebrado anualmente, no Brasil, no dia 13 de julho.

Neste ano, a data cairá em um sábado e, com a realização do primeiro Pedrada Sunset Rock Festival, no Sunset Growler Station, a partir de meio-dia, os organizadores do evento querem relembrar e reforçar que o rock não morreu e segue mais vivo que nunca com uma sonzeira que promete sacudir os Altos da Afonso Pena por 12 horas seguidas. O festival terá a apresentação de cinco bandas, passeando por várias vertentes do gênero.

A iniciativa parte da Pedrada Inc. Produções e Eventos, que nasceu como um agendão do rock nas redes sociais e, para além das 12 horas de música ao vivo no palco principal, vai oferecer atrações em gastronomia, negócios focados no segmento e outras opções de “diversão”, além de uma vista privilegiada de um dos mais belos cenários da capital de Mato Grosso do Sul, que se pode apreciar do mirante do Sunset Growler Station, nos Altos da Afonso Pena.

LINE-UP

Para a jornada estão confirmadas no line-up as bandas: Haiwanna, com o melhor do rock nacional; Ana & Mais, em uma pegada indie rock guiada pela voz poderosíssima de Ana Menezes; Hellora, com um rock clássico “lado B” na voz marcante de Ellora Tuanne; Lowdown, trazendo um ao público ares da cena grunge de Seattle; e, por fim, os paulistas da Manchester Oasis Cover, que, como o nome já indica, é uma das maiores bandas de tributo ao Oasis da América Latina.

Para Ellora Tuane, vocalista da banda Hellora, o evento vem agregar à cena local de forma positiva.

“Esse evento que une vários subgêneros do rock [nacional, grunge, alternativo, clássico], acolhe um público maior, não se limitando a apenas uma tribo, mas, sim, trazendo um entretenimento de qualidade para a cena”, afirma a cantora.

Matheus Zalenski, da banda Lowdown, se mostra otimista para o festival e promete um repertório especial para a ocasião.

“Nós, da banda Lowdown, estamos ansiosos e empolgados para o evento, pois com certeza será um festival que agitará a tarde e a noite de Campo Grande, com algumas das melhores bandas da cidade. Para isso, estamos preparando um repertório que vai animar muito a galera que comparecer”, promete Matheus.

Por sua vez, Ana Letícia Menezes afirma que o evento será uma chance de mostrar o ecletismo existente dentro do espectro do gênero musical.

“Estou bem animada para participar do festival, é uma oportunidade muito bacana de reunir em um só evento bandas de vertentes variadas. Acredito que o evento será um importante passo para fortalecer a cena do rock em Campo Grande”, diz a mentora do Ana & Mais.

Para o vocalista da banda Haiwanna, Hugo Carneiro, apesar de tocar estilos diferentes dentro do rock, as bandas falam a mesma “língua”.

“Vão ser cinco atrações muito legais. Eu adoro participar desses eventos assim, quando tem várias bandas, dizendo coisas diferentes, mas tentando ir no mesmo sentido, que é o rock ‘n’ roll. Eu acho que esse evento vai ser muito bom”, aposta Hugo.

Por fim, Amauri Junior, frontman da Manchester Oasis Cover, afirma que a banda está ansiosa por mais um evento da Pedrada.Inc.

“Estamos bem empolgados para fazer mais uma noite com muito rock ‘n’roll com nosso parceiro Marcelo, da Pedrada.Inc, e assim poder ajudar o evento a crescer, somando nosso som com as outras bandas. Precisamos de mais rock ‘n’ roll!”, dispara o vocalista.

Ele ainda adianta um pouco do que será o show.

“Estamos trazendo os clássicos do Oasis e também músicas novas das carreiras solo do Liam Gallagher e do Noel Gallagher. Sempre buscamos melhorar o set, misturando os clássicos com novas propostas, seguindo sempre com o feeling brit rock ‘n’ roll Gallagher”, diz Amauri.

Para além das bandas, o Pedrada Sunset Rock Festival terá, ainda, opções gastronômicas, com food trucks variados, bebida gelada e oportunidades de negócios, já que profissionais e empresas de segmentos diversificados dentro do universo do rock e da produção independente devem participar do evento.

A DATA

Celebrada no dia 13 de julho, a data foi escolhida em alusão ao megaevento Live Aid, realizado em 1985 com o objetivo de levantar fundos para acabar com a fome na Etiópia, com shows transmitidos ao vivo pela BBC para mais de 1,5 bilhão de pessoas em todo o mundo. 

E cabe aqui uma curiosidade: o Dia Mundial do Rock é celebrado somente no Brasil. Isso porque a sugestão de que se instituísse a data foi de Phil Collins, logo após o Live Aid, mas não houve adesão de outros artistas e a ideia acabou caindo no esquecimento, mesmo que tenha corrido o mundo.

Entretanto, a partir de meados dos anos 1990, duas rádios de São Paulo, a 89 FM e a 97 FM, com atuação segmentada no rock, fizeram uma programação especial em alusão ao dia 13 de julho, referindo-se a ele como Dia Mundial do Rock, o que fez com que a ideia “pegasse” no País e, desde então, o Brasil comemora a data.

Porém, independentemente disso, para os amantes do rock, a data é uma oportunidade para celebrar o bom e velho rock ‘n’ roll e suas vertentes, surgidas ao longo das décadas, com música de qualidade e muita diversão. Afinal de contas, o rock é, também, um estado de espírito que não precisa de dia para ser comemorado.

A PEDRADA

A Pedrada Inc. Produções e Eventos nasceu de um canal de mídia social, com foco no melhor do rock ‘n’ roll, informações de bandas, músicos e shows pelo Brasil, além de dicas e curiosidades.

Com o passar do tempo, vendo a necessidade de novas opções de entretenimento, a Pedrada Inc. também passou a trazer os melhores shows de rock ‘n’ roll para Campo Grande, além de dar espaço e visibilidade às bandas locais.

Com isso, são vários shows de bandas importantes, locais e do cenário nacional no currículo. A Pedrada.Inc também tem, em seu site, venda de camisetas e outros itens para quem gosta de “se vestir com seu artista favorito”, tendo, inclusive, material de bandas locais.

SERVIÇO 

O Pedrada Sunset Rock Festival será realizado no dia 13 de julho, no Sunset Growler Station, que fica na Avenida Afonso Pena, nº 5.668, com abertura dos portões ao meio-dia. 

O passaporte para o evento – R$ 50 por pessoa no segundo lote – pode ser adquirido por meio do Sympla, no link: https://www.sympla.com.br/evento/pedrada-sunset-festival/2473523.

Os valores podem mudar conforme a disponibilidade de ingressos e a proximidade da data do evento ou conforme os lotes se esgotarem.  O site da Pedrada.Inc é o www.pedradainc.com.br, e lá você pode conferir também a loja virtual. Instagram: @pedrada.inc.

Assine o Correio do Estado

Correio B+

Destaque B+: Mila Carmo, de Família é Tudo, celebra carreira e cita suas referências

Ela contou que é uma admiradora do trabalho da Cassia Kiss e Marília Pera

13/07/2024 17h00

Mila Carmo, de Família é Tudo, celebra carreira e cita suas referências

Mila Carmo, de Família é Tudo, celebra carreira e cita suas referências Foto: Divulgação

Continue Lendo...

A atriz Mila Carmo, que ganhou destaque em "Sétimo Guardião" e "Salve-se Quem Puder", agora brilha em "Família é Tudo", novela exibida às 19h na TV Globo. Em entrevista recente, ela compartilha sua trajetória, inspirações e sonhos no universo da atuação.

Mila avalia sua carreira como estando em uma fase muito bonita, onde as coisas estão começando a acontecer. "Sei que ainda tenho muita estrada pela frente, mas já consigo olhar pra trás e sentir orgulho da minha trajetória e das coisas que eu estou construindo. Me sinto abençoada por ter a chance de aprender e mostrar um pouco do meu trabalho. Esse é o grande desafio da vida do ator, se sentir inexperiente, mas não ter a oportunidade de ganhar experiência exercendo, porque a gente sabe que é fazendo que se aprende. A Chantal pra mim é um presente, tenho fé de que ela ainda vai me abrir muitas portas profissionais."

Quanto às suas principais referências de atuação, Mila revela sua admiração pelas veteranas Marília Pêra e Cássia Kiss. "Atrizes impecáveis, que fazem a arte de atuar parecer algo fácil e dominam com maestria. Mas também acho que estamos diante de uma nova geração bastante potente, temos ótimas referências atuais como Marjorie Estiano, Alice Carvalho, Letícia Colin… A verdade é que estamos em ótimas mãos. São mulheres que me inspiram bastante!"

Sobre interpretar vilãs, Mila admite que sempre achou as antagonistas mais interessantes do que as próprias protagonistas. "São personagens ricas, cheias de camadas e motivações internas. Vou amar viver essa experiência."

Em relação aos remakes, Mila acredita que a novela brasileira faz parte da história do brasileiro. "Temos novelas incríveis que marcaram e ainda estão bastante vivas na memória do nosso povo. Remontar essas histórias e dar a oportunidade pra essa nova geração também se apaixonar por essas obras de arte é um privilégio. Adoraria fazer parte disso um dia. A viúva Porcina é um personagem delicioso, que eu adoraria fazer, mas quem em sã consciência iria ter coragem de interpretá-la depois de Regina Duarte? (Risos) Personagens assim ainda estão bastante vivos no nosso imaginário, a comparação é inevitável!"

Mila Carmo demonstra não apenas talento, mas também uma visão clara de sua carreira e um profundo respeito por suas referências e o legado da televisão brasileira. Sua trajetória promete muitas realizações e personagens inesquecíveis.

Correio B+

Moda B+: O 'Diabo Veste Prada 2' deve ganhar sequência pela Disney

A Disney negocia com Aline Brosh McKenna, roteirista do primeiro filme, para que ela escreva a continuação.

13/07/2024 15h00

O 'Diabo Veste Prada 2' deve ganhar sequência pela Disney

O 'Diabo Veste Prada 2' deve ganhar sequência pela Disney Foto: Divulgação

Continue Lendo...

Nos anos 2000, o filme ‘O Diabo Veste Prada’ se tornou um clássico, sendo o longa falado e assistido até os dias de hoje.

As negociações com a 20th Century Films para a produção de um segundo longa está rolando junto a Disney que divulgou a sinopse, mas não cita a personagem de Anne Hathaway no filme até o momento.

De acordo com a divulgação sobre a continuação ‘O Diabo Veste Prada 2’ acompanhará a editora-chefe da Runway Miranda Priestly (Meryl Streep) em um novo cenário editorial: o declínio das revistas impressas.

Ela precisará se render à sua antiga assistente, Emily (Emily Blunt), que agora é uma executiva poderosa com milhões de dólares para investir em publicidade. Está tudo em fase embrionária ainda e o roteiro nem foi escrito, mas a personagem de Anne não foi citada, mas dá tempo para incluir Andrea Sachs, caso Anne Hathaway tope fazer a segunda parte do longa (ela já aceitou fazer “O Diário da Princesa 3”).

A Disney negocia com Aline Brosh McKenna, roteirista do primeiro filme, para que ela escreva a continuação.

O O ‘Diabo Veste Prada 2’ deve ganhar sequência pela Disney - Divulgação

Sobre o “O Diabo Veste Prada 2” – Já vinha rolando...

O projeto de uma sequência para o filme existe há anos. Lauren Weisberger, escritora do livro “O Diabo Veste Prada”, admitiu em 2021 que já havia tido reuniões sobre o tema. “Não diria que está fora de cogitação”, declarou.

Mas Anne Hathaway sempre foi mais cética.“Não haverá uma sequência. Não vai acontecer”, ela afirmou em 2022. No mesmo ano, ela explicou que o mundo mudou muito desde que o filme foi lançado em 2006, e que talvez fosse mais interessante fazer um remake. Já em 2023, ela mudou um pouco o discurso e falou que amaria fazer uma sequência, mas que Meryl Streep é muito ocupada.

NEWSLETTER

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo.

Fique Ligado

Para evitar que a nossa resposta seja recebida como SPAM, adicione endereço de

e-mail [email protected] na lista de remetentes confiáveis do seu e-mail (whitelist).