Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

SERTANEJO E ROMANCE

Fim de semana terá lives e filmes de amor e superação

Dupla sertaneja Matheus e Kauan realiza uma live no sábado
24/07/2020 07:00 - Naiane Mesquita


O fim de semana em Campo Grande começa hoje, com a live da cantora Karina Marques, às 19h30min, pelo projeto Sesc em Casa. O show será transmitido pelo YouTube do Sesc Mato Grosso do Sul, que semanalmente está com apresentações on-line de artistas regionais, para valorização da cultura local.  

Já no sábado, os músicos, Léo Verão e Daniel Freitas se apresentam às 16 horas, com uma live solidária.  

As doações serão destinadas à manutenção da futura sede da Douradown e as cestas básicas serão encaminhadas ao Instituto Fuzyi, para que possam ser distribuídas em pontos mais críticos da cidade de Dourados, interior de Mato Grosso do Sul.

Também no sábado, o cantor Dalvan Ferraz traz um pouco do sertanejo romântico, em um show transmitido ao vivo, às 21 horas (horário de Brasília), pela página oficial do cantor no Facebook.  

Nacional

A cantora Joelma abre a agenda de shows nacionais nesta sexta-feira, com uma transmissão ao vivo, no YouTube, a partir das 21 horas, celebrando os 25 anos de carreira.  

Também no dia 24, o cantor Frank Aguiar produz um show especial, a partir das 20h, também no seu canal oficial do YouTube.  

No sábado (25), a programação de apresentações virtuais estará agitada, começando pelo evento “Juntos pela Vila Gilda: Reunindo 200 artistas do Brasil e do exterior”, o festival acontece em prol do Dique da Vila Gilda, em Santos. Os shows serão realizados entre 16h e meia-noite de sábado para domingo, com participações de Dinho Ouro Preto, Carlos Coelho, O Teatro Mágico, Coruja BC1, Kiko Zambianchi e Evandro Mesquita. O show será transmitido no YouTube do Blog n’ Roll.

A programação continua com Jorge e Mateus, a partir das 17h, no canal oficial da dupla no YouTube.

Já o pagode é garantido pelo Sorriso Maroto, a partir das 20 horas, no canal do Samba Prime Oficial.  

Voltando ao sertanejo, Matheus e Kauan se apresentam às 20h no canal oficial da dupla.  

E o sábado termina com o show da dupla campeã em polêmicas, Bruno e Marrone. Os músicos se apresentam neste sábado, a partir das 21h30min, no canal oficial do YouTube.  

Por fim, Fernando e Sorocaba fecham o fim de semana com show no domingo, às 16h, no seu canal oficial do YouTube.

Dicas de filmes  

Nesta semana, a dica de filmes é voltada para o romance. Entre os destaques está o longa-metragem “Brooklyn”, de 2015, que tem no elenco a atriz indicada ao Oscar Saoirse Ronan. A produção está disponível na Netflix.  

Outra dica é o filme “Resgate do Coração”, também disponível no streaming. Na história, o casamento de Kate acaba de repente e ela resolve fazer uma viagem sozinha para a África. Lá, encontra um novo objetivo de vida e, quem sabe, um novo amor.  

Dicas de livros

Este sábado (25) é marcado pelo Dia Internacional da Mulher Negra, Latino-Americana e Caribenha. No Brasil, a data foi estabelecida pela Lei nº 12.987/2014 como o Dia Nacional de Teresa de Benguela, símbolo representativo da resistência feminina negra e indígena no País.  

Para celebrar e conhecer um pouco mais sobre a realidade da mulher negra no País, o professor Paulo Sergio Gonçalves, da Faculdade Estácio de Sá, indica cinco obras literárias importantes sobre o tema.  

A primeira é “Quem Tem medo do Feminismo Negro?”, da escritora Djamila Ribeiro. A obra traz as memórias da infância de Djamila e reúne alguns artigos publicados no blog Carta Capital entre 204 e 2017.

Em segundo lugar, “Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada”, de Carolina Maria de Jesus, a grande escritora negra brasileira que de seu barraco, na favela do Canindé, em São Paulo, escreve diariamente sobre sua vida na favela.

A lista continua com “Olhos d’Água”, de Conceição Evaristo, que escancara as mazelas sociais que absorvem a população negra.  

Para complementar “Um Defeito de Cor”, de Ana Maria Gonçalves, conta a história de uma africana idosa e doente que chega ao Brasil em busca de seu filho perdido há muito tempo.  

Por fim, o livro “Hibisco Roxo”, de Chimamanda Ngozi Adiche, é uma ótima dica de obra para quem deseja compreender melhor o racismo. Chimamanda é uma das escritoras africanas mais conhecidas na atualidade, nos conta uma história que mistura autobiografia e ficção. O romance faz críticas sutis ao panorama social, político e religioso da Nigéria e tem como pano de fundo a história de Kambili, que mostra a assimilação de seu pai que destrói, gradativamente, sua família.

 
 

Felpuda


Embora embalada por vários “ex”, pré-candidatura a prefeito de esforçada figura não deslancha. É claro que ninguém ousa falar em voz alta que o apoio, em vez de alavancar os índices com o eleitorado, está é puxando para baixo. Uns dizem que o título do filme “Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado” retrata bem a situação. Outros complementam: “... na primavera, no outono, no inverno...”. Como diria vovó: “Aqui você planta, aqui você colhe!”.