Clique aqui e veja as últimas notícias!

ADUANA

Protesto da Receita Federal faz fronteiras ter acúmulo de mais de 400 caminhões

Movimento completou mais de 20 dias e começa a criar impasse no comércio exterior com Bolívia e Paraguai; não há sinal de a União atender manifestantes
15/01/2022 08:00 - Rodolfo César

O movimento padrão dos auditores-fiscais nos postos de aduana de Mato Grosso do Sul dura mais de 20 dias e os impactos econômicos são sentidos. 

A fila de caminhões formada por conta do protesto é de mais de 400 veículos nas regiões fronteiriças de Corumbá e Ponta Porã. Ainda não há sinal de que o protesto esteja perto do fim e, desta forma, a liberação de cargas na importação e exportação deve seguir sendo atrasada.

Ainda não acabou... Faça login ou cadastre-se para continuar lendo essa notícia gratuitamente

Receba acesso também a outras notícias exclusivas. É rapidinho e não pediremos seu cartão de crédito :)

Quero Me Cadastrar

Já tem cadastro? Faça login clicando aqui