Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ARTILHEIRO

Investidor quer colocar Queiroz no Corinthians, diz empresário

Investidor quer colocar Queiroz no Corinthians, diz empresário
22/08/2015 04:00 - BAND


 

O gerente de futebol do Corinthians, Edu Gaspar, declarou que não busca um substituto para Luciano, que rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho direito. No entanto, o clube pode receber um jogador nos próximos dias. Trata-se de Guilherme Queiroz, da Portuguesa.

Artilheiro da Série C do Campeonato Brasileiro, com 10 gols anotados em 11 jogos, o atacante, que tem contrato até o dia 30 de novembro, pode desembarcar no Timão nos próximos dias por meio de um investidor, que está disposto em colocá-lo na equipe.

O empresário de Queiroz, Wendel Parise, confirmou o contato. "Recebi um telefonema de um investidor que tem o interesse de levá-lo ao Corinthians. O clube, inclusive, já deu o ok para a negociação", disse, em entrevista ao Portal da Band.

"O investidor, que não posso revelar o nome, me falou que a negociação está bem adiantada. Mas contato direto do clube eu não recebi", complementou.

Parise ressaltou ainda que o interesse da equipe de Parque São Jorge não é de agora. "Pelo que sei, o Corinthians está observando o atleta há um mês e meio".

Apesar das especulações e das propostas que vem recebendo, como da Série B do Campeonato Brasileiro e algumas do exterior, o agente do atleta salientou que existe a possibilidade de Queiroz seguir na Lusa.

"Claro que pode continuar. Ele tem contrato até 30 de novembro. A Lusa é um time que admiro e o Guilherme está contente no clube. Se Deus quiser vamos conseguir o acesso", afirmou.

Do lado da Portuguesa, o vice-presidente de futebol, Antonio Ribeiro garante: não recebeu nenhum contato. "Isso é tudo invenção. Ninguém falou nada comigo", disse. No Corinthians, Edu Gaspar diz o mesmo.

O certo é que se o Timão quiser contar com o jogador, de 25 anos, precisará desembolsar R$ 500 mil. O valor é referente à multa contratual do atleta, que, de início, era R$ 2 milhões, mas que é reduzida proporcionalmente com o fim do contrato.

Felpuda


Mesmo sabendo que não é fácil conquistar a vitória, alguns políticos em pleno exercício do mandato disputam eleições, querendo trocar o Legislativo pelo Executivo e se dizendo preocupados com as necessidades do município. 

A jogada é antiga: fazem campanha eleitoral antecipada, pois vão tentar a reeleição, e começam a “trabalhar” o nome desde já. É bom lembrar o dito popular: “De boas intenções o inferno está cheio”. Ah, o poder!