Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES 2018

Em vídeo, Bolsonaro agradece apoio de Azambuja no segundo turno

Presidenciável elogiou candidato tucano em MS e lhe desejou boa sorte
10/10/2018 17:09 - RAFAEL RIBEIRO


 

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, gravou vídeo na tarde desta quarta-feira (10) ao lado da deputada federal Tereza Cristina (DEM), reeleita no último domingo (7), agradecendo o apoio recebendo pelo governador e também candidato a uma segunda gestão seguida em Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB).

Azambuja não demorou para anunciar, logo na segunda-feira (8), apoio a Bolsonaro na disputa do segundo turno contra Fernando Haddad (PT). O anúncio veio antes mesmo da presidência nacional do PSDB, seu partido, declarar neutralidade no pleito após a derrota de Geraldo Alckmin. O governador disputa com Juiz Odilon (PDT) o segundo turno das eleições no Estado. A votação acontece no dia 28.

O vídeo (veja abaixo) inicia com Cristina lembrando Bolsonaro de sua "expressiva votação" em Mato Grosso do Sul e que o objetivo é aumentar ainda mais o número no segundo turno. "Você tem o apoio do Azambuja e de todos os deputados de sua base", contou.

"Reinaldo foi meu colega de parlamento por muito tempo, nos demos muito bem. Eu quero agradecer essa expressiva votação em Mato Grosso do Sul", disse Bolsonarto, relembrado que já morou em Nioaque por três anos (onde serviu durante seu tempo na ativa no Exército). "Cidadezinha pequena, mas muito hospitaleira."

No complemento, o presidenciável do PSL deseja boa sorte a Reinaldo na disputa do segundo turno.

Além de Bolsonaro e Tereza Cristina, aparecem no vídeo o senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) e o pecuarista Nabhan Garcia, amigo do candidato, que também grita palavras de apoio ao voto casado entre os dois candidatos no segundo turno.

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!