Clique aqui e veja as últimas notícias!

VISTAS

TRE forma maioria favorável a candidatura de Delei Pinheiro, mas veredito fica pra quarta

Um dos desembargadores do Tribunal pediu vistas do processo; caso o placar continue assim, Pinheiro poderá retornar à Câmara após 5 anos
15/12/2020 17:14 - Flávio Veras


O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul julgou na última segunda-feira (14) a impugnação da candidatura do ex-vereador Delei Pinheiro (PSD). Apesar de ter alcançado maioria com 5 votos favoráveis, o veredito foi agendado para essa quarta-feira (15), devido ao pedido de vistas feito pelo, juiz Daniel Castro.  

A candidatura de Pinheiro havia sido indeferida em primeira instância em novembro, devido ao fato do político não ter se submetido à biometria e, consequentemente, teve seu Título de Eleitor cancelado. Porém, após as eleições, Delei regularizou a sua situação perante a Justiça Eleitoral e, no mesmo dia, a defesa entrou com processo para regularizar sua eleição.  

Últimas notícias

Os advogados do político alegaram que ele não havia regularizado a situação devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), que suspendeu atendimentos presenciais.  

O relator do recurso, juiz Djailson de Souza, votou para reconhecer a regularização de Delei Pinheiro perante a Justiça Eleitoral e, assim, aceitar sua candidatura.

Os magistrados Divoncir Maran, Ariovaldo Corrêa, Juliano Tannus e Monique Leite acompanharam o voto do relator Djailson de Souza. Já Castro alegou “dúvida processual” para pedir vistas e votar somente na sessão de quarta-feira.  

O juiz José Henrique de Carvalho e Silva esteve ausente na sessão. O presidente do TRE-MS, desembargador João Maria Lós, só vota em caso de empate.

Sai Dharleng Campos

Com a validação dos votos de Delei, o PSD, passará a ter direito a seis cadeiras na Casa de Leis, ao contrário das 5 já obtidas. No caso, a sigla que perderá a vaga é o MDB, sigla da vereadora até então reeleita, Dharleng Campos.