Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VEÍCULOS

Experiência sensorial com o Lamborghini Huracán EVO Spyder

O novo conversível quer interagir com o motorista em todos os níveis
15/05/2020 04:00 - Daniel Dias/AutoMotrix


 

Em meio ao isolamento mundial imposto pela pandemia do coronavírus, a italiana Automobili Lamborghini, pertencente ao Grupo Volkswagen, fez o lançamento mundial do Huracán EVO Spyder sem a presença física da imprensa especializada e usou o conceito de realidade aumentada a partir do aplicativo AR Quick Look, da Apple. O novo Huracán conversível se propõe a oferecer aos motoristas uma celebração ao ar livre de engenharia leve, com força direcionada às rodas traseiras e um Sistema de Controle de Tração de Desempenho (P-TCS) especialmente ajustado. Com a capota instalada ou recolhida, a proposta é que a direção diária seja uma diversão de alto desempenho acompanhada do inigualável som da usina aspirada V10, que proporciona os mesmos 610 cavalos de potência e os 57 kgfm de torque da versão cupê, acoplado à transmissão automatizada de dupla embreagem de 7 velocidades – o mesmo “powertrain” adotado no Audi R8. Com isso, o “bólido” acelera de zero a 100 km/h em apenas 3,5 segundos e pode chegar à velocidade máxima de 324 km/h, números próximos de um carro da Fórmula-1, que tem a mesma aceleração feita em 1,5 segundo e final em torno de 375 km/h, sendo a “barata” atual da principal categoria do automobilismo dotada de um turbo-híbrido, com reaproveitamento da energia gerada nas frenagens.

O design do Huracán EVO Spyder otimiza a integração e a função da capota extremamente leve. O conversível é um verdadeiro Lamborghini com teto aberto ou fechado, com linhas características vista por todos os lados, que conferem uma dinâmica na aparência e no desempenho. As linhas externas garantem que a redução do arrasto e a força descendente sejam iguais às do cupê, sem a necessidade de apêndices aerodinâmicos adicionais. O italiano Stefano Domenicali, de 55 anos, CEO da Automobili Lamborghini e uma espécie de menino-prodígio que sucedeu o francês Jean Todt – atualmente, o presidente da FIA – no comando da Scuderia Ferrari de 2008 a 2013, comenta com entusiasmo sobre o resultado final do novo conversível: “O Huracán EVO Spyder duplica o prazer de condução, dando a oportunidade de uma experiência ao ar livre. O motorista fica em contato com a herança de engenharia da Lamborghini, experimentando o feedback e o envolvimento da configuração de um carro com tração traseira, no qual a eletrônica é reduzida, enquanto desfruta da sensação de liberdade e espírito de vida vindo somente com a parte superior aberta”.

 
 

O EVO Spyder foi projetado especialmente focado nas habilidades do motorista e na configuração do trem de força com tração traseira, fornecendo integração total do homem com a máquina. O sistema de controle de tração P-TCS foi desenvolvido para proporcionar desempenho e adrenalina em todas as situações, com torque consistente e muita tração, mesmo quando o conversível se realinha depois de curvas fechadas ou desvios repentinos. Com o teto abaixado, os sentidos do motorista são despertados ainda mais pelo som do motor aspirado V10 e nas respostas vigorosas do acelerador durante as manobras.

O botão Anima do Huracán Spyder localizado no volante coloca o “piloto” no controle dos modos de condução, com o P-TCS calibrado para se adequar à situação automaticamente. O modo “Strada” fornece estabilidade e segurança em todas as condições, reduzindo a derrapagem das rodas traseiras e entregando torque em superfícies de baixa aderência. No “Sport”, o motorista é colocado em um encantamento de competição, permitindo que as rodas de trás derrapem e andem como um skate durante a aceleração, com torque limitado quando os ângulos extremos aumentam para o motorista estabilizar e controlar o carro. O “Corsa” aumenta a tração e a agilidade do veículo ao sair de uma curva em condições de alto desempenho, sublinhando a dinâmica e a velocidade.

 
 

Tendo um chassi composto de resina termoplástica e alumínio e fibra de carbono, o Huracán EVO Spyder tem peso de 1.509 quilos e uma relação peso e potência de 2,47 kg/hp. A distribuição de eixo dianteiro/traseiro é de 40/60, com suspensão de triângulos duplos sobrepostos e amortecedores passivos, proporcionando interação com o motorista. Os freios de aço ventilados e perfurados estão instalados em rodas Kari de 19 polegadas com pneus Pirelli P Zero especialmente desenvolvidos, com rodas opcionais de 20 polegadas e freios de cerâmica de carbono.

A capota do Spyder pode ser recolhida ao compartimento traseiro em 17 segundos, mesmo a uma velocidade de 50 km/h. Em uma variedade de opções de cores, a capota complementa as linhas da carroceria e garante um “cockpit” silencioso para facilitar a conversa e o entretenimento internos. Com o teto para cima ou para baixo, o motorista também pode abrir eletronicamente a janela traseira, que funciona como um para-brisa, destacando o som do V10. Uma tela sensível ao toque HMI de 8,4 polegadas no console central do Spyder controla as funções do carro, além de fornecer conectividade abrangente para chamadas telefônicas e acesso à internet via Apple CarPlay. Os primeiros exemplares do novo Lamborghini conversível serão entregues a partir da metade deste ano na Europa, com preço estimado em 170 mil euros – pouco mais de R$ 1 milhão.

 

Felpuda


As definições no que se relaciona aos nomes para a disputa eleitoral vêm ocorrendo aqui e acolá. Pré-candidato que sonha comandar cidade o interior poderá deixar de ver o seu sonho realizado. É que o dito-cujo terá de enfrentar as lembranças de rumoroso caso que se tornou escândalo depois da denúncia de uma servidora. Há quem garanta que é só a campanha começar para a história ser contada capítulo por capítulo. Afe!