Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TEST DRIVE

Mais do mesmo: Fiat Argo Drive

Longe da liderança, o hatch ocupa a 7ª colocação do ranking de vendas de 2020
20/06/2020 10:58 - Leandro Gameiro


 

 

O Fiat Argo agrada bastante visualmente, e com o pacote S-design então, agrada mais ainda. O kit deixa o Hatch com apelo mais esportivo, trazendo emblemas e detalhes escurecidos. Esse pacote pode ser adicionado em outros modelos da marca, mas hoje o assunto é o Argo.

O modelo parte de R$ 49.990, mas com motor 1.0 e básico. A versão avaliada foi a Drive com motor 1.3, que já sobe para R$ 56.590, e se colocar o pacote S-design, que obrigatoriamente tem de adicionar a central multimídia, vai para R$ 62.440, sendo R$ 2.800 do pacote especial S-design e R$ 3.050 do kit multimídia. Não se pode esquecer que, dependendo da cor escolhida, o preço final do Argo poderá encarecer mais R$ 1.800, totalizando R$ 64.240, como o avaliado. Se forem adicionados todos os opcionais, o valor ultrapassa os R$ 67 mil. Com câmbio manual, será que vale a pena?

O motor 1.3 desenvolve bem e entrega até 109 cv, abastecido com etanol. O câmbio de cinco marchas é bom, a embreagem é macia e o acelerador leve, aliás, uma marca registrada da Fiat há tempos.

O Argo tem muita ergonomia, modernidade e o painel se parece um pouco com os existentes em veículos mais luxuosos. A combinação de cores do interior é harmônica, deixando os passageiros bem à vontade. Mas será páreo para os concorrentes?

A concorrência é grande quando atinge a casa dos R$ 60 mil, aí vale muito a opinião e o gosto do freguês. Como todos aumentaram a qualidade, claro, alguns mais, outros menos, mas muitas vezes o que um usuário considera necessário pode não ser para outro. Um exemplo: o porta-óculos, um item que considero importante ter nos carros, o Argo não tem, enquanto em alguns concorrentes que custam menos ele pode ser encontrado.

O modelo avaliado entrega o que promete, mas, afinal, compensa? Sim, o design é supermoderno, chama atenção pelos detalhes escurecidos e é muito prático no dia a dia, mesmo não tendo o sensor de estacionamento, que pode ser colocado, é fácil de estacionar. No geral, rodamos mais de 300 quilômetros com o Argo e ele chegou a fazer 10,5 km/l com gasolina na cidade. Também rodamos cerca de 40 quilômetros pelo Anel Rodoviário de Campo Grande, e o hatch chegou a fazer 14 km/l. E isso é bom? Eu achei. Teria um? Sim.

Siga-nos nas redes sociais: @correioestado e @correioveiculos.

FICHA TÉCNICA
Fiat Argo Drive
PreçoR$ 64.240
Potência101 cv (G) 109 cv (E) a 6.250 rpm
Motor1.140 kg
Peso1.140 kg
Tanque de combustível48 litros
Velocidade máxima184 km/h
Dimensõescomprimento 3.998 mm, largura 1.724 mm, entre-eixo 2.521 mm
Direçãoelétrica
Cilindradas (cm³)1.332.
Traçãodianteira
Transmissãomanual de 5 velocidades
 
Argo S design - Em detalhes - Leandro Gameiro
 

Felpuda


Nos bastidores, conversas, ou melhor, quase sussurros, dão conta de que compromisso assumido teria prazo de validade se acontecer a vitória de aliado.

A partir de então, o papo passaria a ser bem, mas bem diferente mesmo, pois, com acordo cumprido, novos objetivos passariam a ser fonte dos desejos, e sem nenhuma moeda de troca.

No caso, não haveria mais sequer um fio de bigode. Tipo, cada um na sua.