Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COVID-19

Com estabilização de casos, meta é reduzir taxa de contágio, diz secretário de Saúde

Foram confirmados 238 novos casos de covid-19 e 17 mortes em 24 horas no Estado
08/09/2020 12:04 - Glaucea Vaccari


Com os casos de coronavírus estabilizados em Mato Grosso do Sul, a meta agora é reduzir a taxa de contágio, segundo informou hoje o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.  

Em 24 horas, foram confirmados 238 novos casos de coronavírus e 17 novas mortes pela Covid-19 no Estado.  

Em live realizada nesta terça-feira, Resende afirmou que além da ligeira queda de casos confirmados, houve diminuição na média móvel de casos dos últimos sete dias, que está em 649 por dia, quando já chegou a 800. Com relação aos óbitos, a média móvel é de 14 por dia.  

Com essa pequena queda nas taxas e casos, mesmo que em patamar ainda considerado alto, a preocupação é com os índices de transmissibilidade. 

“O foco é diminuir a taxa de contágio, que hoje é de 1,12%”, disse Resende.

Secretário explicou que isso significa que se 100 pessoas tiverem o diagnóstico positivo, elas vão contaminar 112 e essas 112, no outro dia, contaminam 125, que contaminam 125, e assim sucessivamente, em curva ascendente.

“Nós precisamos atingir nosso objetivo principal, que essa taca de contágio seja menor do que 1%”, afirmou.

Neste caso secretário explica que, se caso a taxa esteja em 0,98%, por exemplo, cada 100 pessoas com covid-19 contaminam 98, que contaminam 95 no outro dia, seguindo em tendência de queda. 

 
 

Boletim

Mato Grosso do Sul tem 54.363 casos confirmados de coronavírus, sendo 45.215 destes já considerados curados.

Dentre os casos ativos, 7.640 estão em isolamento domiciliar e 521 internados. 

Número de mortes chega a 987 no Estado, com taxa de letalidade de 1,8%.

Com relação aos 17 óbitos confirmados nas últimas 24 horas, foram seis em Campo Grande, dois em Aparecida do Taboado e Paranaíba e um em Cassilândia, Ivinhema, Ponta Porã, Mundo Novo, Dourados, Costa Rica e Corumbá.

Quanto aos leitos, na macrorregião de Campo Grande 74% dos leitos já estão ocupados; de Dourados 72%; macrorregião de Três Lagoas 52% dos leitos e macrorregião de Corumbá com 55% de ocupação.

 

Felpuda


Figurinha está trabalhando intensamente para tentar eleger a esposa como prefeita de município do interior.

Até aí, uma iniciativa elogiável. Uns e outros, porém, têm dito por aí que seria de bom tom ele não ensinar a ela, caso seja eleita, como tentar fraudar folha de frequência de servidores. 

Afinal, assim como ele foi flagrado em conversa a respeito com outro colega, não seria nada recomendável e poderia trazer sérias consequências. Só!