Clique aqui e veja as últimas notícias!

SAÚDE

Campo Grande e outros municípios não tem mais leitos de UTIs disponíveis para Covid-19

Boletim epidemiológico revela 1.550 novos casos e nove óbitos nas últimas 24 horas
11/12/2020 12:31 - Rafaela Moreira


As cidades de Campo Grande, Dourados e Ponta Porã não têm mais leitos de Unidade de Terapia (UTIs) disponíveis para o tratamento contra a Covid-19, é o que mostra o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES) divulgado na manhã desta sexta-feira (11).

Mato Grosso do Sul já soma 111.335 casos confirmados de Covid-19, com 1.550 novos registros. Os novos casos de hoje trazem Campo Grande à frente, com 805 novos casos, seguida por Dourados (161), Maracaju (48), Amambai (33), dentre outros.

A taxa de ocupação global de leitos UTI/SUS atinge níveis alarmantes no Estado, com a macrorregião de Campo Grande registrando 104% de ocupação, sendo 4% acima da capacidade. Os hospitais públicos e privados da Capital estão com pacientes aguardando leitos.

Acompanhe as últimas notícias

O Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, unidade de referência contra a Covid-19 no Estado, atualmente tem doze pessoas aguardando vaga em UTIs.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, em live transmitida pelo Facebook na manhã de hoje, afirmou que a situação é crítica.

“Estamos vivenciando um quadro muito dramático, nossos hospitais chegaram a sua capacidade máxima, a média de óbitos tem crescido de maneira expressiva, e seguramente vai piorar, já que muitos pacientes estão aguardando vaga”, disse.

Conforme o boletim, foram confirmados nove novos óbitos pela Covid-19 no Estado, sendo cinco de residentes de Campo Grande, e Coxim, Glória de Dourados, Naviraí, Rio Verde de Mato Grosso e Três Lagoas, com uma morte cada.

Até o momento, 14.136 casos estão ativos no Estado, deste total, 13.498 estão em isolamento domiciliar e 638 internados, sendo que 383 estão em leitos clínicos, com 215 na rede pública e 168 na rede privada.

A SES também destacou que MS já contabiliza um total de 411.358 casos notificados, dos quais 290.721 foram descartados. Há 2.991 testes em análise no Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) e 6.311 casos sem encerramento pelos municípios.