Clique aqui e veja as últimas notícias!

REIVINDICAÇÃO DE DIREITO

No dia da Consciência Negra, Carrefour de Campo Grande tem protestos por morte violenta

Asfixiado, caso do brasileiro é idêntico ao de George Floyd, americano que alçou movimento Vidas Negras Importam
20/11/2020 17:55 - Brenda Machado, Rodrigo Almeida


Representantes de diferentes movimentos se reuniram, na tarde desta sexta-feira, 20 de novembro, no estacionamento do supermercado Carrefour, para protestar contra mais um ato racista que levou à morte de um homem negro.

Quase 24 horas depois do assassinato de João Alberto Silveira Freitas, protestos irromperam em todo o país. Em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Campo Grande.

Na Capital, o local escolhido foi o estacionamento do Shopping Campo Grande, em frente a única unidade da Rede na cidade.

Acompanhe as últimas notícias do Correio do Estado

O protesto foi encabeçado pelo Grupo de Trabalhos e  Estudos Zumbis (TEZ), pelo Fórum Permanente das Entidades do Movimento Negro MS e pelo Coletivo de Mulheres Negras Raimunda Luzia de Brito.

Os participantes começaram a chegar por volta das 16h. Ao longo da manifestação, representantes gritavam o famoso bordão "Vidas Negras Importam", que ficou conhecido nas redes sociais como o movimento Black Lives Matter, na tradução para o inglês.