Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES

Debate dos candidatos a reitor da UFMS será transmitido na internet

Transmissão acontece simultaneamente no Youtube e Facebook da Adufms
10/07/2020 15:19 - Fábio Oruê


Debate entre os candidatos a reitoria da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) será transmitido na internet nesta sexta-feira (10). O debate acontece às 19h com transmissão simultânea no Facebook, Youtube e televisão. 

O convite ao debate foi formulado às candidaturas das cinco chapas concorrentes: Elizabeth Maria Azevedo Bilange (Cultura, Ciência e Consciência), Marcelo Augusto Santos Turine (Todos Somos + UFMS), Lincoln Carlos da Silva (UFMS + Vozes), Augustin Malzac (UFMS para Tod@s) e Lídia Maria Lopes Rodrigues Ribas (Eficiência e Inovação). 

Porém, como divulgado pelo Correio do Estado hoje, o candidato Augustin Malzac retirou a candidatura após denúncia de que seu programa de gestão continha plágio. Conforme documento obtido na Comissão Eleitoral, 11% do conteúdo era plágio, copiado e colado sem alteração, da chapa da outra universidade.

A Associação do Docentes da UFMS (ADUFMS), Seção Sindical ANDES Sindicato Nacional, o Diretório Central das e dos Estudantes (DCE) e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Fundação UFMS e dos Institutos Federais de Ensino, no Estado de Mato Grosso do Sul (Sista-MS), em parceria com o SBTMS, estão promovendo o debate.

O evento marca o compromisso democrático das entidades sindicais e estudantil em fomentar a discussão de projetos pedagógicos e políticos para a Universidade.

A consulta para escolha dos três nomes para compor a lista a ser encaminhada ao governo federal será dia 17 de julho e  abrangerá toda a UFMS: campi e Cidade Universitária Campo Grande. 

Pela primeira vez a votação será eletrônica, em razão da pandemia do coronavírus. Estão habilitados a votar 1.483 docentes; 1.818 técnicas/os-administrativas/os e 24.731 estudantes, totalizando 28.032 pessoas. 

A apuração acontece no dia 17 julho, a partir de 21h, no Complexo Multiúso, na Cidade Universitária Campo Grande, em frente ao Restaurante Universitário (RU) e a Casa da Ciência. No local será instalada a central de apuração sob responsabilidade Agência de Tecnologia da Informação e Comunicação (Agetic) e coordenada pela Comissão Eleitoral Central. 

Segundo a ADUFMS, trata-se de uma das mais acirradas campanhas à reitoria da UFMS dos últimos 20 anos, por conta de uma conjuntura de desgaste da universidade pública pelos dois últimos titulares que ocuparam o comando do Ministério da Educação (MEC), além de cortes orçamentários superiores a R$ 80 milhões. Outro desafio apresentado aos pretendentes ao cargo de reitor(a) é o filtro ideológico aflorado nos dias atuais. 

Do ponto de vista de gestão, os(as) candidatos(as) deverão pautar pontos polêmicos como a eficiência administrativa frente às condições de trabalho, priorização do sistema ensino em detrimento da pesquisa e da extensão, ensino a distância e qualidade de ensino, evasão de alunas/os, democracia interna, transparência administrativa e orçamentária, terceirização e expansão universitária. 

Para assistir ao debate no Facebook clique aqui ou para assistir no Youtube aqui

 
 

Felpuda


Figurinha carimbada ganhou o apelido de “biruta”, instrumento que indica direção do vento e, por isso, muda constantemente. Dizem que a boa vontade até existente ficou no passado, e as reclamações são muitas, mas muitas mesmo, diante das decisões que vem tomando a cada mudança de humor do eleitorado. Como bem escreveu o poetinha Vinicius de Moraes: “Se foi pra desfazer, por que é que fez?”.