Clique aqui e veja as últimas notícias!

CORONAVAC

Enfermeiro, idoso e indígena serão os primeiros vacinados contra a Covid-19 em MS

Vacinação simbólica vai começar nesta segunda-feira em Mato Grosso do Sul, às 17h
18/01/2021 11:00 - Gabrielle Tavares


De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde, um enfermeiro atuante na linha de frente no combate ao coronavírus do Hospital Regional, um idoso institucionalizado no Asilo São João Bosco e um indígena serão os primeiros a tomar a vacina contra a Covid-19 em Mato Groso do Sul.

Eles serão imunizados ainda nesta segunda-feira (18), em solenidade do Governo do Estado, às 17h, no Hospital Regional.

O evento simbólico marcará o início da campanha de vacinação contra o coronavírus em Mato Grosso do Sul.

O governador Reinaldo Azambuja, o secretário Estadual de Saúde, Geraldo Resende e a diretora presidente do HRMS, Rosana Leite de Melo estarão presentes na vacinação.

Últimas notícias

O primeiro lote com a vacina chega nesta segunda-feira às 13h, com 158 mil doses enviadas pelo Ministério da Saúde. A distribuição para os 79 municípios começará amanhã (19) a partir das 7h, seguindo o Plano Estadual de Distribuição da Vacina contra Covid-19.

No primeiro grupo a ser vacinado, conforme o Plano Nacional de Imunização (PNI), estão trabalhadores da saúde, população idosa a partir dos 75 anos de idade, pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas (asilos e instituições psiquiátricas), população indígena e povos e comunidades tradicionais ribeirinhas.

Ao todo, essa parcela da população representa 211.633 pessoas do Estado, mas o governo não receberá essa totalidade nesta primeira leva. Como chegará hoje 158 mil doses, não será possível contemplar nem a metade dos indivíduos nesse primeiro grupo.

Porém, segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, o Estado fará a divisão equitativa desses imunizantes entre todos os municípios.

“Os grupos prioritários estabelecidos inicialmente no Plano Nacional de Vacinação da Covid-19 estão sujeitos a alterações, conforme quantitativo de doses, produção e laboratório”, diz trecho do plano de vacinação elaborado pelo Estado.

Confira as demais fases do Plano Nacional de Vacinação:

Fase2 (Vacinação entre o segundo e terceiro mês após início da vacinação)_ Pessoas de 60 a 74 anos que não vivem em instituições de longa permanência, como asilos e instituições psiquiátricas.  

Fase3 (Quarto mês após início da vacinação)_ Pessoas com comorbidades: diabetes mellitus, hipertensão arterial grave, doença pulmonar obstrutiva crônica, doença renal, doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, indivíduos transplantados de órgão sólido, anemia falciforme, câncer ou obesidade grave.

Grupo prioritário (Vacinação durante os 12 meses seguintes após fase 3)_ Professores (nível básico ao superior, setor público ou privado), forças de segurança (policial federal, militar ou civil e Forças Armadas) e salvamento (como bombeiros), funcionários do sistema prisional, presos, quilombolas, moradores de rua, portadores de deficiência, dentre outros.

Não prioritário (Vacinação após o grupo prioritário, nos 12 meses seguintes após fase 3)_ Menores de 60, que não estão em condição de vulnerabilidade, não atuam em profissões essenciais e não têm comorbidades.

Assine o Correio do Estado