Clique aqui e veja as últimas notícias!

DOSE REFORÇO

Idosos com 85 anos ou mais recebem a 3º dose nesta sexta-feira na Capital

A expectativa da Sesau é que 10 mil pessoas devem receber o reforço do imunizante amanhã
26/08/2021 17:23 - Mariana Moreira, Rafaela Moreira


Idosos com 85 anos ou mais poderão receber a terceira dose do imunizante contra a Covid-19 nesta sexta-feira (27) em Campo Grande, de acordo com o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho. 

“Estamos recebendo os lotes e iremos começar novamente o processo. A partir de amanhã esperamos vacinar mais de 10 mil pessoas com a terceira dose em Campo Grande, sendo voltada para pessoas com 85 anos ou mais a partir de amanhã nos drives e nas unidades de saúde. Esse é um grande presente para a Capital”, apontou. 

O calendário com os locais de vacinação e horários deverão ser divulgados no início da noite pela Secretária Municipal de Saúde (Sesau). 

Conforme a resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), poderão tomar o imunizante aqueles idosos que tomaram a segunda dose há até seis meses. Todos serão vacinados com a vacina Pfizer, mesma que as outras duas doses tenham sido de outro imunológico. 

“Iremos iniciar com a vacina todos com a vacina da Pfizer, as primeiras vacinas que surgiram na época são todas da Coronavac, então aqueles que se vacinaram com Coronavac irão receber Pfizer, vai existir cambialidade de doses de vacina de acordo com a portaria do Ministério da Saúde. Há estudos que comprovam que o nível de anticorpos é maior quando se faz a troca de doses de vacina”, explicou José Mauro. 

Últimas Notícias

Campo Grande deu início a aplicação da terceira dose do imunizante contra a Covid-19 nesta quinta-feira (26) em idosos que moram em Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs).

A aplicação da dose de reforço segue a preconização do Ministério da Saúde, que autoriza o uso em idosos devido o índice ainda elevado de casos positivos e óbitos em decorrência da Covid-19.  

"A terceira dose é essencial devido às falhas vacinais que foram comprovadas, não só em Campo Grande, mas em todo país. O Ministério reconhece a necessidade da terceira dose, temos a oportunidade de melhorar o desempenho de vacinação.", defendeu o titular da pasta da Saúde. 

Campo Grande é a primeira cidade do Estado e uma das pioneiras no País a iniciar a aplicação deste reforço vacinal, que amplia a resposta imune dos indivíduos que recebem a terceira dose.

Assine o Correio do Estado