Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

GIBA UM

“Por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o ministério. O Sr. Decotelli não pretende ser um problema para sua Pasta”

de JAIR BOLSONARO, sobre o professor sem doutorado, nem pós-doutorado
01/07/2020 06:00 - Giba Um


“Por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o ministério. O Sr. Decotelli não pretende ser um problema para sua Pasta”,  
de JAIR BOLSONARO // sobre o professor sem doutorado, nem pós-doutorado.

As montadoras começaram negociando com o FMI um apoio de R$ 7 bilhões, já estão na casa de R$ 1 bilhão e devem se contentar se levarem R$ 500 milhões.

Mais: o valor que o setor sucroalcooleiro levou não dá nem para saída. Os ruralistas pediam à ministra Tereza Cristina recursos de R$ 5 bilhões. Se levarem R$ 1 bilhão, podem fazer uma festa.

 
 

Mais uma para conta

Cara Delevingne, 27 anos, revelou que pretendia abandonar aos poucos sua carreira de modelo para se dedicar ao seu lado atriz. Devido a pandemia, teve que fazer ajustes nos planos e vai seguindo como modelo e faturando como garota-propaganda de algumas marcas. E emplaca mais uma posando para new Dior Jewelry  na campanha Lucky Charms. Sua última atuação como atriz foi na série Carnival Row, exibido na Amazon prime vídeo cuja segunda temporada já está em fase de pós produção e deverá estrear ainda no segundo semestre deste ano. Intitulada pansexual, ela revelou em recente entrevista que por ter uma família conservadora teve dificuldade de aceitar e descobrir sua opção sexual. “Eu acho que isso veio do fato que eu não queria admitir quem eu era. Eu não queria chatear minha família. Eu estava profundamente infeliz e deprimida. Quando você não aceita uma parte de si ou não se ama é como se não estivesse lá”.

Currículo falso

Não é apenas Carlos Alberto Decotelli que quis turbinar sua biografia com títulos que não ganhou. E tampouco Wilson Witzel e a própria Dilma Rousseff. No ministério de Bolsonaro, o titular do Meio Ambiente, Ricardo Salles, já inventou um mestrado em Yale e Damares Alves imaginou que era mestre em educação de direito constitucional no Brasil. Decotelli também é oficial da reserva da Marinha, daí ter sido indicado pelos ministros militares que, agora, não estão aguentando o vexame. E, como sempre, a Abin revela que não averigua a vida de futuros membros do governo. Informações falsas no currículo e denúncia de plágio em texto de tese revelam que o professor Decotelli não tem mais condições de ser ministro da Educação. O governo, mesmo se permitir sua permanência, erra pela terceira vez uma nomeação para a Pasta, depois de tentar Ricardo Vélez e Abraham Weintraub, dadivados pela bolha de radicais do bolsonarismo. O governo já sabe o que fazer. Impõe-se agora uma alternativa de ir buscar um nome técnico no meio educacional, se a intenção for dar um rumo consequente no MEC. O ministério está paralisado há um ano e meio

 
 

Fazendo sucesso

A apresentadora Luciana Gimenez, 50 anos, que já fazia sucesso com suas postagens no Instagram agora começa fazer sucesso também no novo queridinho das celebridades Tiktok. Em uma de suas últimas postagens aparece um maiô rosa brilhante cavado, fazendo uma dancinha divertida e dando muitos pulos, usando um maiô rosa brilhante cavado. Em uma live com a dermatologista Fernanda Nichelle, ela revelou uma de suas manias: pão caseiro sem glúten e com uvas passas. “Tenho mania de levar esse meu pão para tudo quanto é lugar, é a coisa mais engraçada”.

Queimados, não

A decisão de Mourão, a máquinas e tratores usados ilegalmente na Amazônia que foram apreendidos ficam em local seguro, sob custódia do Exército. Trata-se de importante mudança em relação à prática que vinha sendo feita pelo Ibama e Polícia Federal em suas operações contra crime ambiental. Por problemas de logística, tratores e equipamentos eram costumeiramente queimados no local da apreensão. Mourão acha que de fogo na Amazônia, já chega a dos desmatadores.

 
 

Fila

Já tem filas de candidatos ao Ministério da Educação, caso Carlos Decotelli não emplaque. Doutores com graduação comprovada estão enfileirados de olho no cargo. Eduardo e Carlos Bolsonaro defendem o nome de Ilona Becskeházy, secretária de Educação Básica do MEC. Antônio de Freitas, pró-reitor da FGV é outro nome, além de Antônio Flávio Testa e Marcos Vinícius Rodrigues, que atuaram no governo de transição.

É o Brasil!

Em meio à pandemia, o governo resolve investir R$ 32 milhões em obras turísticas em Pernambuco, um dos estados mais afetados pelo vírus. O ministro Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG), do Turismo, primo pela revitalização do Bodódromo de Petrolina, onde ruminantes com chifres ocos podem ser degustados a céu aberto, em geral assados. O prefeito de lá, Miguel de Souza Leão Coelho, candidato à reeleição pelo MDB, é filho de Fernando Bezerra Coelho, ex-prefeito, três vezes ministro de Dilma e atual líder do governo no Senado.

É O BRASIL! 2

Relatório do TCU mostra que 620 mil pessoas receberam auxílio emergencial sem ter direito. Documento exibido pelo Fantástico mostra que entre os beneficiários estão empresários, parentes de políticos e até pessoas que já morreram. De outro lado, milhares que mereciam o auxílio emergencial ficaram de fora. Foram pagos R$ 35,8 bilhões para 50,228.253 de beneficiários.

Mau presságio

Jair Bolsonaro teria recebido queixa de empresários aliados do governo, como Luciano Hang, dono da rede de Lojas Havan e Junior Durski, dono da rede de hamburguerias Madero, em sociedade com Luciano Huck, sobre perseguições do Fisco. Ambos foram multados por supostas “manobras tributárias”. Resumo da ópera: há quem aposte que tudo isso é mau presságio para o secretário da Receita Federal, José Tostes.

RESERVADAS

O Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos vai investir cerca de R$ 2,5 milhões para construção de salas reservadas em delegacias policiais, voltadas exclusivamente ao atendimento de mulheres vítimas de violência. No mapa brasileiro de “feminicídio”, há um dado alarmante: apenas 9% dos municípios brasileiros tem delegacias especificas para atender a esse tipo de crime.

Apoio

O deputado e 1º vice-presidente da Câmara, Marcos Pereira (Republicanos-SP), promoveu no final de semana passada um jantar em apoio ao colega de partido e senador Flávio Bolsonaro. Estiveram presentes nesse encontro, os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre; da Câmara, Rodrigo Maia; além do líder do governo no Congresso, senador Eduardo Gomes; o senador Ciro Nogueira; e o deputado federal Aguinaldo Ribeiro.

Sem robôs

O “Apenso 70” do inquérito das fake news, criado pelo STF para investigar supostos ataques a ministros e familiares, contém um laudo pericial que atesta que não foram identificados robôs com mensagens financiadas nas redes sociais. O ministro Alexandre de Moraes descobriu que os xingamentos vêm de contas que tem donos de carne e osso. Nada de rede de robôs. As redes sociais têm linguagem própria, livre, a maior parte são casos de “memes”, provocações. A PGR admite que as mensagens são “protegidas pela liberdade de expressão”.

OUTRO NÍVEL

O Brasil foi convidado a participar da teleconferência realizada na quarta-feira passada (24) entre países da América Latina, Espanha, FMI e Banco Mundial para discutir impactos econômicos da pandemia. Paulo Guedes preferiu ficar de fora. Ele acha que os economistas do FMI “chiam demais” e “vão errar” na previsão da queda do PIB brasileiro de 9% em 2020. Em outras circunstâncias, Guedes daria uma aula aos “meninos” do FMI.

MISTURA FINA

  • ANDRÉ Mendonça assumiu o Ministério da Justiça, mas manteve um pé no antigo cargo de advogado-geral da União. Seu sucessor na AGU, José Levi, não dá um passo sem consultar o ex-chefe.
  • COM o início do período de férias do Judiciário a partir de hoje deve caber ao ministro Dias Toffoli decidir sobre a reclamação do MP do Estado do Rio ao STF. Trata do recurso à decisão do TJ do Rio a favor de Flávio Bolsonaro no episódio das “rachadinhas”.
  • A ESCOLHA de Gilmar Mendes como relato do processo que julgará a revogação da Portaria Normativa 13/2016 sobre a adoção de cotas raciais nas universidades, tem sido questionada por PSB e PDT, dos dois partidos que levaram o caso ao Supremo. O entendimento é que o ministro deveria se declarar impedido por conta se seu vínculo com a área de educação, como fundador do Instituto Brasiliense de Direitos Público.
  • PESQUISA feita pela SKS CX Customer Experience com mulheres das classes A+, A e B de São Paulo e Rio de janeiro aponta que 60% das mulheres querem retornar rapidamente aos salões de beleza no final da pandemia. Mostra ainda que 83% das entrevistadas querem liberar seus filhos para aulas presenciais.
  • A MESMA pesquisa da SKS CX Customer Experience mostra que 81% das mulheres não pretendem frequentar em um período de até sete dias, restaurantes, bares, comércio e praças de alimentação assim que forem liberados. 52% irão frequentar academias ou centro esportivos e 38% pretendem viajar ainda no primeiro mês após a liberação do distanciamento social. E 69% continuaram usando o sistema de compras online.
  • LEVANTAMENTO feito pela Paraná Pesquisas no Rio Grande do Sul, mostra que a administração de Jair Bolsonaro não está sendo bem vista no Estado. 45% dos entrevistados acham que ele está fazendo um trabalho ruim/ péssimo, 29,6% ótimo/ bom e 23,9% regular. Seu governo é desaprovado por 54% dos gaúchos e 41,5% aprovam, 4,5% não quiseram ou não souberam responder.
  • AINDA sobre o levantamento da Paraná Pesquisas: para 42,4% dos gaúchos entrevistados o governo de Eduardo Leite é tido como ótimo/bom, 36,5% regular e somente 19,1% como ruim/ péssimo. 64% dos gaúchos aprovam o governo e 29,7% desaprovam e 5,7% não quiseram ou não souberam opinar.

Felpuda


Entre sussurros, nos bastidores políticos mais fechados, os comentários são que história apregoada por aí teria sido construída para encobrir o que realmente foi engendrado em conversa que resultou em negociata. 

O script foi na base do “você finge que é assim, e nós fingimos que acreditamos”. 

Batido o martelo, a encenação prosseguiu e, conforme o combinado, deverão ser apresentados novos episódios.

Ah, o poder!